Web Rádio Show Francisco no 24 Horas no Ar

quarta-feira, 19 de junho de 2019

Polícia Civil prende dois suspeitos por envolvimento em morte de adolescente de 13 anos

Crime aconteceu em Travessão na madrugada de 27 de maio de 2019 e motivo ainda é mistério para a polícia


Caso foi registrado na delegacia de Guarus (Foto: Silvana Rust)

A Polícia Civil cumpriu dois mandados de prisão temporária, nesta terça-feira (18), de envolvidos no assassinato de uma adolescente de 13 anos, morta a facadas na madrugada do dia 27 de maio de 2019. Segundo agentes da 146ª Delegacia Legal de Guarus, as prisões são necessárias para dar prosseguimento as diligências e investigações.

Os mandados de prisão temporária foram expedidos pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Campos e têm validade de 30 dias. Depois disso, as prisões podem ser prorrogadas por mais 30 dias ou transformadas em prisão preventiva – a serem cumpridas por tempo indeterminado.

Segundo policiais da 146ª DP, as prisões são”instrumentos da investigação e em breve teremos novas informações. Ninguém foi indiciado e não há juízo definitivo formado sobre a culpa de qualquer suspeito”, informou.

Os presos já tinham prestado depoimento no curso da investigação e voltaram a ser interrogados nesta terça. Eles negam envolvimento.

O motivo do crime ainda é um mistério para a Polícia. Os presos serão levados para o presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Guarus, onde ficarão à disposição da Justiça.

A adolescente de 13 anos foi morta a facadas, na madrugada de 27 de maio, no distrito de Travessão, em Campos. O crime aconteceu por volta da 1h, em um conjunto habitacional popular no bairro Escova Macaco.

A Polícia Militar (PM) foi acionada pelo padastro da vítima. Uma equipe foi enviada até o local, onde a mãe de Jéssica Cordeiro de Freitas contou ter saído para encontrar o companheiro. O casal afirmou ter ouvido gritos e visto uma pessoa pulando o muro ao chegar à casa.

Quando entraram na residência, a adolescente estaria caída no chão, ferida. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Jéssica já estava morta quando a equipe chegou.

De acordo com a perícia, ela foi amordaçada com uma saia e sofreu cinco perfurações no abdômen.
Fonte:Terceira Via

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VOCÊ PODE FICAR À VONTADE PARA COMENTAR A MATÉRIA! ENVIE SUA CRÍTICA,MAS TAMBÉM ENVIE-NOS SUA OPINIÃO, DE COMO VOCÊ ESTÁ VENDO E APRECIANDO ESTE TRABALHO,SÓ LHE PEDIMOS UM FAVOR,SE IDENTIFIQUE,GRATO.