Web Rádio Show Francisco no 24 Horas no Ar

Ao Vivo Web Rádio Show Francisco

OUÇA TAMBÉM NO SEU FACEBOOK

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Justiça Eleitoral diploma novo prefeito de Laje do Muriaé


Divulgação

O prefeito eleito de Laje do Muriaé, José Eliezer (MDB), e o vice, José Maria Sanhaço (MDB), foram diplomados nesta segunda-feira (19) na Justiça Eleitoral de Miracema, que também é responsável pelo município. A posse está marcada para essa terça-feira (20), às 19h, na Casa de Cultura.
Os eleitores do município no Noroeste Fluminense foram às urnas no último dia 28 de outubro no segundo turno das eleições gerais e também para escolher o novo prefeito, depois que o eleito em 2016, Dr. Rivelino (PP), teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por compra de votos. Ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Eliezer obteve 2.890 votos, apenas 279 a mais do que o segundo colocado Alexandre Souza Dias, o Pestana (PP), que é do mesmo partido de Rivelino. Após o fastamento do ex-prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores, Carlos José Freitas, o Cazé (Pode), assumiu interinamente o Executivo lajeense. Ele chegou a lançar sua candidatura à reeleição, mas a dois dias do pleito decidiu desistir e apoiou o emedebista.
Fonte:Redação

Homem é encontrado morto com marcas de facadas

A Polícia Civil de Rio das Ostras investiga o assassinato


Foto: Divulgação

Um homem, identificado como Wallace de Souza Mota, de 24 anos, foi morto na madrugada desta terça-feira (20), em Rio das Ostras. A Polícia Militar foi acionada após denúncia informando que um corpo foi encontrado na rua Novo Horizonte. Chegando ao local, a vítima já estava morta e com várias perfurações por uma arma branca (faca).

Compareceu no local a companheira da vítima, que informou que o mesmo está sem documentos pessoais pois os dois teriam brigados e seu companheiro havia ido para o Rio de Janeiro levando todos os documentos e que retornou para sua casa a pouco tempo e não trouxe nenhum documento dele, a mulher não sabe informar o motivo que possa ter levado alguém a cometer tal atrocidade pois a vítima era conhecida por todos no bairro.

A Polícia Civil de Rio das Ostras investiga o homicídio.

Fonte: Redação

Motorista perde o controle e capota caminhonete na BR-101

As duas vítimas que estavam no veículo não ficaram feridas


Foto: Divulgação

Uma caminhonete, modelo Frontier prata, capotou na BR-101 após o motorista perder o controle do veículo na noite de segunda-feira (19). Felizmente as duas vítimas que estavam no carro não ficaram feridas e só ouve danos materias.

De acordo com a concessionária que administra a rodovia (Autopista Fluminense), o acidente aconteceu no distrito de Ibitioca, em Campos. O trânsito no local não ficou congestionado.

Fonte: Redação

Chuva volumosa no estado do Rio de Janeiro

por Josélia Pegorim

A passagem de uma frente fria provocou uma grande mudança no tempo no estado do Rio de Janeiro. Áreas de instabilidade voltaram a se espalhar sobre o estado provocando chuva forte e volumosa. Em vários locais da Serra e também em algumas áreas da cidade do Rio de Janeiro, o volume de chuva em 24 horas superou os 100 mm.

A tabela mostra os volumes de chuva com lados entre 6 horas do dia 19 e até às 6 horas do dia 20 de novembro de 2018,de acordo com informações do Cemaden - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais. A chuva foi forte também na região de Niterói. onde há uma semana houve um deslizamento de terra com vítimas fatais.

Petrópolis 105 mm

Rio de Janeiro: 105 mm (Alto da Boa Vista)

Laje do Muriaé: 94 mm

Angra dos Reis: 85 mm

Niterói: 73 mm

Risco de chuva forte

Nesta terça-feira, 20, o tempo permanece bastante instável em todo estado do Rio de Janeiro. O dia segue com predomínio de céu nublado e a chuva ainda pode cair com moderada a forte intensidade sobre o Norte Fluminense. No Grande Rio, na Região Serrana e no Sul Fluminense ainda chove nesta terça-feira, mas com fraca a no máximo moderada intensidade.

Por causa do céu nublado, da chuva e do vento frio que predomina sobre o estado do Rio de Janeiro nesta terça-feira, a temperatura fica amena o dia todo, bem mais baixa do que seria o normal para um dia de novembro.

Quando o sol volta?

A partir da quarta-feira, as áreas de instabilidade enfraquecem bastante sobre o estado do Rio de Janeiro. A nebulosidade a nebulosidade diminui deixando o sol aparecer, mas ainda há previsão de pancadas de chuva a qualquer hora. A Região Serrana pode ter chuva moderada a forte em algumas horas. A temperatura começa a subir e o ar já fica um pouco abafado no Grande Rio. Veja como fica a chuva e a temperatura na cidade do Rio.

Na quinta e na sexta-feira, o sol aparece com força em todo estado do Rio de Janeiro a temperatura sobe mais. A semana termina com calor em todas as regiões fluminenses, mas com previsão de pancadas de chuva com raios à tarde e à noite.

Atenção

Nova frente fria chega ao Sudeste do Brasil no próximo fim de semana intensificando as áreas de instabilidade sobre parte da Região. Algumas regiões do estado do Rio podem voltar a ter chuva forte.


Foto: Rosa Maria Curty. Três Rios/RJ.

Jacaré com quase dois metros encontrado em via pública no Parque Eldorado

O animal está sendo cuidado para que seja solto em seu habitat natural

 Foto: Divulgação
Foto: Divulgação


Um Jacaré foi encontrado na manhã desta terça-feira (20) no Parque Eldorado, em frente ao Centro Integrado de Educação Pública 144 Professor Carmem Silvia Carneiro (CIEP), em Campos.

De acordo com as primeiras informações, o animal foi encontrado por populares em via pública. A Guarda Ambiental Municipal para a captura do Jacaré. O animal com quase dois metros, foi capturado com ajuda dos moradores que estavam no local e ofereceu resistência.

O Jacaré está sendo cuidado para que seja solto em seu habitat natural.
Fonte: Redação

Pezão enviará à Alerj reforma da Previdência que atinge 180 mil servidores

O plano de reforma previdenciária consiste em agrupar os servidores mais antigos em um fundo

Foto: Arquivo NF Notícias

Antes de deixar o comando do Estado do Rio, o governador Luiz Fernando Pezão vai enviar à Assembleia Legislativa projeto de lei alterando a forma de repartir e utilizar as receitas e os ativos do Rioprevidência. O plano de reforma previdenciária consiste em agrupar os servidores mais antigos em um fundo. A tendência é que todos que ingressaram no serviço público antes de setembro de 2013 — mais de 180 mil, segundo integrantes do governo — sejam inseridos na proposta do estado e no fundo de capitalização.

Pezão baseará a nova estrutura de capitalização da Previdência estadual em indicações do economista Raul Velloso, que idealizou o novo esquema para pagar aposentadorias e pensões. O projeto, que já está concluído, tem sido apresentado aos responsáveis pelos poderes Judiciário e ao Legislativo.

— Chamamos essa alteração de “transferência de vida”. Hoje, todos os ativos são suportados pelo orçamento do estado. A ideia é tirar o peso do futuro beneficiário e colocá-lo ligado ao fundo, que ficará rendendo. Assim, se encontra um jeito de, no futuro, pagar os proventos e aliviar as contas — disse Raul Velloso.

Os funcionários ativos descontam, mensalmente, 14% de seus salários brutos para a Previdência. O fundo de capitalização será composto pelas contribuições dos servidores, somadas a parte que cabe ao estado — equivalente ao dobro do que desconta cada servidor (28%) — além de receitas futuras, como dívidas da União, pendências de contribuintes vinculadas à Dívida Ativa e de venda de imóveis.

Todos os servidores contratados após a setembro de 2013 possuem regras de Previdência distintas e não serão alcançados pelo projeto. Nessa data foi implementação da Previdência complementar no estado.

Direitos assegurados

Pela proposta atual, não serão alterados direitos, como tempo para aposentadoria ou idade mínima para ingressar na inatividade. Também não será criada uma taxa complementar para o fundo.

— A ideia é não mexer em regras de aposentadoria. Até porque a maior parte das determinações está na Constituição Federal. Nossa margem de manobra seria quase nenhuma — disse uma fonte envolvida na elaboração do projeto.

Procurado, o governo preferiu não se manifestar oficialmente sobre quais os termos serão tratados e quando o projeto será enviado.

Fonte: Extra Globo

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Começa nesta quarta campanha sobre tráfego irregular de veículos no Calçadão em Campos


Divulgação Supcom
Educadores de trânsito do IMTT vão orientar diariamente a população sobre o tráfego de motos e bicicletas no local

O Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) começa nesta quarta-feira (21/11) uma campanha educativa sobre o uso correto do Calçadão, o Boulevard Francisco de Paula Carneiro, no Centro. Educadores de trânsito do órgão vão orientar diariamente a população sobre o tráfego de motos e bicicletas no local.

De acordo com o presidente do IMTT, Felipe Quintanilha, o calçadão deve ser um lugar que ofereça segurança aos pedestres e o trânsito de bicicletas só é permitido se o condutor descer e empurrar o veículo no trajeto do Calçadão. “Muita gente passa por ali trafegando em motos e bicicletas, o que é proibido. O trabalho dos educadores é de conscientização. A fiscalização ficará a cargo dos agentes da Guarda Civil Municipal, que fazem um trabalho permanente no local”, explicou Felipe.

Ele destacou ainda que, nesse período, o fluxo de pessoas circulando no Calçadão aumenta bastante, em função das festas de fim de ano.

"Esse é um trabalho que vai ser frequente. As pessoas não podem andar de bicicletas ou motos no calçadão. O ciclista deve descer e empurrar a bicicleta, já o motociclista não pode nem mesmo colocar o veículo nesta área", destacou o presidente do IMTT.

A ação veio ao encontro de um desejo dos comerciantes. O diretor executivo da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL), Nilton Miranda, conta que já flagrou várias vezes pessoas andando de bicicleta no local. “Esse trabalho de conscientização do IMTT é de suma importância. Os comerciantes da área ficam preocupados de acontecer algum acidente. Eu mesmo já pedi várias vezes para que as pessoas não usem o Calçadão como ciclovia. Apoiamos essa iniciativa e vamos colaborar com IMTT nessa ação”, contou Miranda.

Fonte: Supcom

Polícia pede que vítimas de preso compareçam à delegacia para fazer reconhecimento


Divulgação

O jovem Antônio Lucas Ramos Tavares, de 21 anos, foi detido por policiais militares na Avenida 28 de Março

A Polícia Civil solicita que quem tiver sido vítima de assalto e reconhecer o jovem que foi preso nesta segunda-feira (19/11) que compareça à da 134ª Delegacia Legal para formalizar o reconhecimento.

O jovem Antônio Lucas Ramos Tavares, de 21 anos,—que estava na condicional e usando tornozeleira eletrônica— foi detido por policiais militares na Avenida 28 de Março, nas proximidades do Parque São Caetano. Com ele foi apreendida uma bicicleta roxa. O suspeito tem passagem por crime de roubo majorado, previsto no artigo 157 do Código Penal.

O jovem é apontado como autor de vários assaltos nos Parques Santo Amaro, São Caetano e adjacências. Até o momento quatro vítimas já estiveram na delegacia e formalizaram o reconhecimento, mas as autoridades policiais acreditam que possa haver outras vítimas.

Fonte: Ururau

46 concursos públicos selecionam para salários de até 24 mil reais

As oportunidades profissionais estão espalhadas por todas as regiões do país


Foto: Divulgação

Para quem quer seguir carreira pública, veja os concursos públicos com inscrições abertas. As oportunidades profissionais estão espalhadas por todas as regiões do país.
SUL E SUDESTE

SP – Prefeitura de Monte Sião
São 212 vagas para os níveis fundamental, médio e superior. Há 57 vagas de nível superior, entre elas para enfermeiro, médico, professor, nutricionista.

Salário: até 11.583,55 reais
Inscrições: até 30 de novembro pelo site Caetanno

SP – Prefeitura de Leme
São 123 vagas de nível fundamental, médio e superior. Há oportunidades para engenheiro civil, engenheiro ambiental, médico, contador, entre outros.

Salário: até 9.218,09 reais
Inscrições: até 30 de novembro pelo site da RBO

SP – Câmara Municipal de Sertãozinho
São 5 vagas de nível fundamental, médio e superior. Há oportunidades para técnico de som e imagem, contador e procurador.

Salário: até 6.480,76 reais
Inscrições: até 6 de dezembro pelo site da Vunesp

SP – Ministério Público de São Paulo
São 9 vagas de nível superior para o cargo de analista técnico científico.

Salário: até 13.790,08 reais
Inscrições: até 7 de dezembro pelo site da Vunesp

SP – Câmara de Santo André
São 28 vagas de nível fundamental e superior. Há oportunidades para a vaga de técnico legislativo para profissionais de várias áreas, como jornalismo, ciências contábeis, engenharia, economia e administração.

Salário: até 8.503,49 reais
Inscrições: até 13 de dezembro pelo site do IBAM

RJ – Prefeitura de Italva
São 84 vagas e há oportunidades para assistente social, médico, professor, nutricionista, odontólogo, entre outras.

Salário: até 7.600,97 reais
Inscrições: até 20 de novembro pelo site INCP

MG – Prefeitura de Guarani
São 57 vagas de nível fundamental, médio e superior.

MG – Prefeitura de Varginha
São 7 vagas de nível superior para médicos de diversas áreas de especialização.

Salário: até 5.368,23 reais
Inscrições: até 23 de novembro, verificar detalhes sobre as vagas e locais de inscrição pelo site da prefeitura

MG – Prefeitura de Turmalina
São 259 vagas de nível fundamental, médio e superior. Há oportunidades para engenheiro civil, veterinário, médico, entre outros.

Salário: até 13.155,71 reais
Inscrições: até 30 de novembro pelo site

MG – Prefeitura de Veredinha
São 27 vagas de nível fundamental, médio e superior. Há oportunidades para médico, professor, analista contábil, entre outros.

Salário: até 7 mil reais
Inscrições: até 30 de novembro pelo site

MG – Prefeitura de Varginha
São 122 vagas de nível fundamental, médio e superior. Há oportunidades para engenheiro ambiental, engenheiro civil, contador, médico, entre outros.

Salário: até 8.052,34 reais
Inscrições: até 4 de dezembro pelo site do Objetivas

MG – Polícia Militar de Minas Gerais
São 30 vagas de nível superior no quadro de oficiais de saúde. Há oportunidades para médicos e psicólogos.

Salário: até 8.874,60 reais
Inscrições: até 5 de dezembro pelo site

MG – Prefeitura de Vazante
São 361 vagas de nível fundamental, médio e superior. Há oportunidades para bibliotecário, advogado, arquiteto, entre outros.

Salário: até 9 mil reais
Inscrições: até 10 de dezembro pelo site Nosso Rumo

Fonte: Abril

LIGUE E PEÇA O SEU!! BEM NO CENTRO DE SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA RJ

Mulher suspeita de atear fogo no marido é detida


Vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal.

Foto: Divulgação

Uma mulher suspeita de atear fogo no marido de 60 anos foi detida na noite de domingo (18) em Maricá, na Região dos Lagos do Rio. A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal.

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita foi detida em flagrante na Rua Joaquim Pereira, bairro Inoã, e vai responder por tentativa de homicídio qualificado.

Ainda de acordo com a polícia, a motivação do crime foi uma briga familiar. A suspeita foi encaminhada para a 77ª Delegacia de Polícia, em Icaraí.

Hospital Municipal Conde Modesto Leal, não divulgou o estado de saúde da vítima.

Fonte: Redação

Criança morre afogada e corpo ainda não foi encontrado

Ele estava na companhia da Tia quando o incidente ocorreu


Foto: Reprodução

Uma criança, de 14 anos, se afogou na praia de João Francisco, na tarde do último domingo (18), em Quissamã, no Norte Fluminense. Segundo as primeiras informações, ele estava na companhia da tia, quando se afogou e foi puxado pela correnteza.

O corpo de bombeiros de Macaé foram acionados e realizaram buscas pelo corpo da criança na tarde de ontem, mas não obtiveram sucesso. Uma equipe do corpo de bombeiros, com mergulhadores e um barco, iniciaram as buscas no início da manhã de hoje, mas o corpo ainda não foi localizado.

Fonte: Redação

PEDAL BENEFICENTE COM SAÍDA DO IMBURI SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA RJ



Recomeça a disputa por royalties

JOSELI MATIAS E ARNALDO NETO 


Passadas as eleições e ajustado o tabuleiro político brasileiro, teve início a corrida por recursos para reforçar os cofres. Estados não produtores de petróleo, liderados pelo governador reeleito do Piauí, Wellington Dias, retomaram essa semana os esforços para pressionar o Supremo Tribunal Federal (STF) a julgar as Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADI) que tratam da redistribuição dos recursos decorrentes da exploração do petróleo. A nova Lei dos Royalties está suspensa desde 18 de março de 2013, por uma liminar da ministra do STF Cármen Lúcia, e não há previsão de julgamento em plenário. Dependentes economicamente desses recursos, municípios e estados produtores, por sua vez, se “agarram” à Constituição Federal na tentativa de garantir a compensação financeira, cuja perda poderia tornar inviável a sobrevivência desses entes.
O governador do Piauí cobra uma decisão do STF e alega que os royalties são direito de todos os estados. “Não é razoável que uma liminar, decisão monocrática, anule por seis anos os efeitos de uma lei que teve o apoio de 80% da Câmara e Senado. Queremos que se cumpra a Constituição e as regras legais, colocando para decisão do pleno o voto da ministra. Estamos falando de petróleo e gás extraídos no mar. O mar é da União, e as riquezas vindas do mar pertencem a todo o povo brasileiro. Afinal, a lei é constitucional ou inconstitucional? O STF precisa dar uma resposta”, ressaltou Wellington Dias.
Em defesa das atuais regras de distribuição, o governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, garante que irá atuar junto à sociedade civil organizada, buscando apoio e esclarecendo os riscos que essa decisão provocaria. “Em paralelo, irei contar com um time jurídico e técnico para evitar que essa alteração aconteça. A dependência dos royalties para o pagamento de despesas de custeio tem histórico de mais de três décadas e a possibilidade de suspensão desse repasse tornaria inviável a sobrevivência da metade dos municípios das regiões Norte, Metropolitana, Baixada e Costa Verde. Inclusive, a administração do Estado, que se encontra em recuperação fiscal, ficaria inviável sem esses recursos”.
O secretário de Desenvolvimento Econômico de Campos, Felipe Quintanilha, ressalta a importância dos recursos como compensação financeira em virtude das consequências da exploração do petróleo. “Essa compensação está prevista na Constituição. Quando acontecem os problemas, como um vazamento, são os pescadores dessa região e os moradores desses municípios e estados que sofrem. Vamos lutar junto ao STF para que nossos direitos sejam mantidos”.
Segundo o superintendente de Petróleo e Tecnologia de São João da Barra, Wellington Abreu, a prefeita Carla Machado irá buscar, junto com os demais prefeitos, estados e sociedade, defender os recursos aos produtores. “Vamos buscar de todas as formas defender os direitos que a Constituição nos garante. O Rio e nossa região recebem todo o impacto socioeconômico da exploração do petróleo há décadas. Já contatamos todas as esferas possíveis e estamos juntos e sem partido nessa questão”.
Os deputados federais eleitos Wladimir e Clarissa Garotinho e Christino Áureo, que têm berço político na região, também garantem que concentrarão esforços para evitar mudanças nas regras de distribuição dos royalties. “Vou contestar e participar de ampla articulação para evitar que se concretize. A sociedade também precisa se mobilizar em defesa do que é de direito do Rio”, disse Wladimir, ressaltando a gravidade da situação, principalmente para os municípios.
Clarissa se compromete em atuar junto ao STF para mostrar a inconstitucionalidade da lei. “A Constituição é clara ao determinar que os royalties são uma compensação financeira para quem produz. Essa nova regra de partilha fere de morte o pacto federativo originário da Constituição de 1988”.
De acordo com Christino, para o Rio garantir seu direito como produtor precisa de força no Congresso, e a criação da Frente Parlamentar de Óleo, Gás e Energias renováveis será fundamental para manter esse direito. “Os parlamentares dos estados produtores devem se unir para garantir os direitos”.
O também deputado eleito Felício Laterça afirma que dará suporte às decisões do governo Jair Bolsonaro, no Congresso. “Na transição, foi sinalizado que haverá revisão orçamentária de redistribuição de royalties e Participação Especial (PE), que serão arrecadados pela União no pré-sal. Acredito que essa medida deve partir do planejamento do governo e não com mudanças na legislação que assegura o atual sistema de partilha. Os royalties são compensações, previstas por duas leis federais que asseguram há duas décadas o direito dos produtores em receber os repasses por conta do impacto da atividade offshore e a garantia do pacto federativo. A redução dessas receitas criaria um colapso ainda maior que o registrado nos últimos três anos”.

Constitucionalidade — Em 18 de março de 2013, a ministra Cármen Lúcia suspendeu a nova Lei dos Royalties, que havia sido promulgada pela presidente Dilma na semana anterior. A decisão tem validade enquanto o caso não for apreciado pelo plenário do STF. A ministra deferiu liminar na ação promovida pelo Governo do Rio suspendendo artigos da lei, alegando que há “urgência qualificada comprovada no caso”, além de “riscos objetivamente demonstrados da eficácia dos dispositivos e dos seus efeitos, de difícil desfazimento”. Cármen Lúcia ainda alegou que a norma afronta a Constituição e o sistema federativo.

No estado do Rio, estima-se que ao menos 20 municípios perderiam de 60% a 70% do orçamento com a mudança no repasse dos royalties de petróleo.
Soluções para a dependência dos royalties
Paralelamente à luta pela manutenção das atuais regras de distribuição dos royalties do petróleo, municípios e estados produtores se comprometem em desenvolver medidas para reduzir a dependência financeira desses recursos.
— Resolveremos essa situação com muito trabalho e dedicação, colocando o foco em projetos e medidas que gerem receita para o Estado e para os municípios e, consequentemente, aumentem a produtividade da economia fluminense. Posso citar como algumas das ações: analisar e eliminar o que há de desnecessário no processo de legalização empresarial; estimular o empreendedorismo através de capacitação; ampliar o acesso ao crédito para micro e pequenas empresas; entre outras medidas — afirmou o governador eleito do Rio.
Felício Laterça destaca a necessidade de planejar a diversificação da economia das cidades fluminenses, usando como “combustível” para essa estratégia o próprio petróleo. “Vivemos hoje grandes expectativas quanto a um novo momento do mercado offshore nacional. Todos nós aprendemos muito com a crise. Agora é aproveitar esse novo ciclo para tornar cidades-polo, como Macaé, Campos, Cabo Frio e Itaperuna, mais industrializadas, gerando produtividade, mantendo empregos e contribuindo de forma direta com o equilíbrio da economia do nosso estado e do nosso país”.
O deputado eleito Wladimir Garotinho destaca que os municípios precisam apostar na recuperação econômica do Estado do Rio e, em parceria, aprovar mudanças na legislação que permitam um melhor ambiente de negócios e de investimentos na cadeia produtiva.
A retomada da diversificação do parque industrial pelo Estado do Rio de Janeiro é a aposta da deputada Clarissa Garotinho. “É fundamental que o próximo governo também reestruture imediatamente as cadeias produtivas da indústria naval, de medicamentos, cosméticos, petróleo e turismo”.
Fmanhã

Moradores de SJB voltam a sofrer com a falta de energia elétrica

VIRNA ALENCAR

Moradores de São João da Barra (SJB) voltaram a sofrer instabilidades nos serviços de energia elétrica e telefonia móvel. A falta de luz, entre a noite de sábado (17) e a madrugada deste domingo (18), durou cerca de seis horas. O problema é comum durante a época de verão e períodos de feriados prolongados, quando o município recebe muitos veranistas por conta de suas praias.
A dificuldade foi apontada pelo morador Carlos Alberto Medeiros, de 32 anos, que entrou em contato com a Folha da Manhã via Whatsapp. Ele informou que os serviços ficaram sem funcionar entre 19h30 e 2h30, embora reclamações pontuais ainda tenham sido registradas após esse intervalo de tempo. "Ficamos sem energia por cerca de seis horas. Agora você imagina o transtorno dos moradores sem poder ligar um ventilador nesse calor que tem feito? E quem irá arcar com os prejuízos dos comerciantes? Além disso, a instabilidade no sinal de telefonia móvel impediu a gente de receber, efetuar ligações e acessar a internet. Chega essa época do ano é sempre assim, não tem jeito", reclamou.
Neste domingo, a Enel, concessionária de distribuição de energia elétrica que atua no Estado do Rio de Janeiro, assim como a empresa Vivo, responsável pelo fornecimento de sinal de telefonia móvel e internet móvel, foram procuradas, mas até o momento nenhuma resposta foi dada.
Outro - Essa não é a primeira vez que os moradores de SJB ficam no escuro e sem comunicação. Em janeiro deste ano, uma falha numa linha de transmissão provocou a interrupção do fornecimento de energia em parte do município. Houve um apagão entre Degredo e o litoral da cidade, como Grussaí e Atafona. Desta dez, o problema durou cerca de uma hora.
Fmanhã

Marinha e Bombeiros retomam buscas por professor em SJB

VERÔNICA NASCIMENTO

Divulgação Facebook

Equipes da Marinha do Brasil e do Corpo de Bombeiros reiniciaram as buscas pelo professor de educação física Júlio César Moreira Rodrigues, de 37 anos, às 8h20 desta segunda-feira (19). “Não estamos medindo esforços, porque há um clamor social muito grande pelo encontro de Júlio, uma pessoa muito querida em São João da Barra”, declarou o comandante dos Bombeiros em SJB, tenente Alex Barcelos, que está pessoalmente envolvido nas buscas desde a tarde da última sexta (16), quando o professor desapareceu praticando pesca submarina no litoral da praia do Açu.
Tenente Alex informou que uma embarcação de grande porte – um rebocador Telescopium — está em alto mar com marinheiros e bombeiros. “E, embora as condições do mar não estejam próprias para navegação esta manhã, temos, ainda, três equipes de bombeiros atuando fora do rebocador: uma em embarcação de pequeno porte, com esteira, e duas por terra, em quadriciclos e viatura, percorrendo trechos da orla não frequentados, como de Quipari ao Açu, Farol e Barrado Furado e Barra do Furado a Quissamã”, complementou o comandante.
Família e amigos mobilizados — Amigos e parentes de Júlio também estão mobilizados na tentativa de encontrá-lo em buscas por Campos, São João da Barra e Quissamã. Em redes sociais, pedem oração e, caso algum objeto de pesca submarina seja encontrado na orla sanjoanense, quissamaense e campista, que entrem em contato pelo telefone (22) 99836-9546. "Por favor, ajudem,compartilhem, orem e também respeitem esse momento difícil da família", pediu a familiar.
De acordo com a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, o local onde Júlio foi visto pela última vez fica a aproximadamente 18 quilômetros da costa, partindo da região portuária do Açu. "A profundidade é de quase 30 metros, e as ondas estavam em torno de um metro a um metro e meio. A correnteza muda de acordo com o vento. No dia do desaparecimento, a corrente estava de sul para leste, em torno de 10 quilômetros por hora”.
Fmanhã

Homem morto a pauladas e outro executado com vários tiros em Campos

Os corpos das vítimas foram removidos para o Instituto Médico Legal de Campos

Dois homicídios foram registrados neste domingo (18/11) em pontos distintos de Campos. No Jockey Club, o corpo de um homem, 57 anos, foi encontrado no interior de sua residência na Rua Gastão Viana Sampaio. Já no conjunto habitacional do Parque Eldorado, “Sapo I”, um jovem de 20 anos foi morto com vários tiros.

JOCKEY – O crime foi na madrugada, por volta das 04h30. A princípio, a vítima, de iniciais C.A.N.X., teria sido atingida a pauladas.

A Polícia Militar foi acionada pelo sobrinho da vítima e encontrou o homem caído em meio a uma poça de sangue, já sem vida. No corpo, havia várias marcas, possivelmente, causadas por objeto contundente.

No local, nenhuma informação sobre autoria e motivação para o crime foram passadas à PM.

Após perícia, o corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos.

O homicídio foi registrado na 134ª Delegacia Legal no Centro, para investigação.

GUARUS – A vítima, de iniciais J.V.G.M., estava na rua quando foi baleada. Os suspeitos fugiram logo após os disparos.

O rapaz chegou a ser socorrido para o Hospital Ferreira Machado (HFM), com ferimentos no tórax, abdômen, braço e perna direita, mas faleceu minutos após dar entrada na unidade médica.

A motivação para o homicídio é desconhecida pela polícia. O caso será investigado na 146ª (DL/Guarus).
Fonte: Redação