Web Rádio Show Francisco no 24 Horas no Ar

Ao Vivo Web Rádio Show Francisco

OUÇA TAMBÉM NO SEU FACEBOOK

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Ary Santos finaliza peruano e traz cinturão dos leves do 300 Sparta para Campos

 Bastaram apenas 52 segundos para que o faixa preta de Jiu-jitsu e lutador de Mixed Marcial Arts (MMA) da Arena Champs/Nov União Ary Santos finalizasse o peruano Yesus El Dogo Morán, com um triângulo de mão. Com a vitória, o atleta pôs o cinturão dos pesos leves do 300 Sparta na mala e já está trazendo para Campos.

Aos 29 anos, Ary Santos, que fez sua estreia em eventos internacionais e já é detentor do cinturão da mesma categoria no “Super Heroe”, avança mais um degrau na sua carreira, depois de já ter passado por outros eventos nacionais de grande porte, como o Jungle Fight.
E para quem pensa que depois da vitória vem o descanso se engana, Ary Santos está cada vez mais focado e de olho em voos mais altos, rumo ao Ultimate Fight Championship (UFC), competição que já conta com um campista, o vencedor do primeiro The Ultimate Fight (TUF) realizado no Brasil, Leo Santos, atleta da Nova União. Os empresários do atleta já estão trabalhando um possível contrato com a organização.


Ary Santos deixa o Peru na sexta-feira (01/04) e deverá chegar na planície na próxima segunda, para comemorar mais essa vitória. No facebook, o atleta já coleciona mensagens de familiares, amigos e fãs que confiaram no seu potencial.

“Você não imagina o orgulho que sinto de você irmão, sem palavras para descrever tamanha felicidade que estou sentindo. Enfim, demos mais um passo, subimos mais um degrau, colocamos mais um tijolo em nossa obra, Rsrs... Tenho certeza que vamos chegar onde desejamos,falo assim por que você sabe que seus sonhos são meus sonhos,traçamos esse objetivo a alguns anos atrás e seguimos com fé atrás dele, vamos continuar nosso trabalho que esse já passou e agora que venha o próximo, ninguém te segura Ary Santos por que você nasceu para brilhar, sempre falei isso!!!!!, comemorou um de seus treinadores e maior incentivado Leandro Sete Bala, na rede social.

Ao atleta, que já foi motoboy e sabe o quanto custa chegar ao topo, coube a humildade de agradecer àqueles que estiveram ao seu lad incentivando em mais uma vitórias de muitas que já teve e ainda terá na carreira.
“Quero agradecer primeiramente a Deus pela vitória agradecer a minha mulher Amanda Aguiar meu irmão Istayne Santos Ary minha mãe linda minha sogra linda Mariana Maciel de Aguiar, a todos meus amigos e amigas alunos e alunas, meus amigos de treino em geral a esse camarada que sempre lutou pela minha felicidade me apoia sempre o cara que fez o Ary Santos, Sete Bala, meu pai que Deus me deu. Agradeço por todo apoio que me deram esse tempo que estou fora do país,a cinta vai pra Campos ela é nossa.” Comemorou Ary.
Daniela Abreu/Show Francisco



FINAL DE SEMANA EM SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA RJ



Segurança comete suicídio em loja na Pelinca

Funcionários chegavam para trabalhar quando encontraram o corpo no banheiro

 


Um homem foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (30) dentro de um petshop no bairro Pelinca, em Campos.

De acordo com a polícia, o segurança Josel dos Santos Timóteo, de 56 anos, cuidava tanto do estabelecimento onde foi encontrado quanto de outras lojas nas proximidades. O proprietário do estabelecimento cedeu uma chave do alojamento do local, onde ele tinha acesso e usava o banheiro. A filha de Josiel informou a polícia que há dias ele falava que estava sendo perseguido. Disse ainda que tinha tentado suicídio em uma das pontes de Campos nesta quarta-feira (29), mas foi impedido por alguém. Hoje pela manhã, funcionários do petshop chegavam para trabalhar e ao abrir o banheiro encontrou o segurança enforcado em uma corda. No celular de segurança foram encontradas 50 ligações da filha.

O caso foi registrado na 134ª DP/Centro.


Campos 24 Horas/show Francisco
Foto: Filipe Lemos/Campos 24 Horas



Operação para feriado na BR 101

A concessionária Autopista Fluminense, responsável pela rodovia BR-101 nos trechos entre a ponte Rio Niterói e a divisa entre o Rio de Janeiro e Espírito Santo, inicia nesta quinta-feira (30) uma operação especial de tráfego para atender a movimentação de veículos esperada para a rodovia no feriado de 1º de maio (Dia do Trabalhador), na sexta-feira. A operação deverá permanecer até o próximo domingo (03).

Em nota, a concessionária informou que no período, todo o efetivo para atendimento médico e mecânico estará disponível aos usuários e uma equipe com mais de 200 profissionais atenderá a demanda.

A concessionária informou, ainda, que cerca de 93 mil veículos devem passar pela rodovia nesta quinta-feira (30), sendo o dia de maior movimentação na estrada. No total, entre o período do dia 30 de abril até o dia 04 de maio, 424 mil veículos devem utilizar a via.

Obras

A Autopista alertou que, em virtude da operação especial de trafego, as obras que exigem interdições de faixas de rolamento serão suspensas, mas equipes permanecerão de prontidão para obras emergenciais. Em Campos, no novo trecho duplicado da rodovia - entre o km 102 ao km 118 - os usuários devem redobrar atenção no km 110 e do km 113. O trecho está sob sinalização especial de tráfego por conta de retornos operacionais provisórios.

A.N./
Folha da Manhã/Show Francisco 
Foto: Michelle Richa/Arquivo 


 


Medicamento vencido é encontrado em hospital durante vistoria do MPF


Caso foi na Santa Casa de São João da Barra e deve ser levado à polícia 
 
A Unidade Básica de Saúde (UBS) de Ururaí, em Campos, e a Santa Casa de São João da Barra foram escolhidas para receber a visita da equipe do Ministério Público Federal (MPF) nesta quarta-feira (29). O grupo está vistoriando os hospitais da região desde a última semana. Segundo o MPF, um medicamento com data de validade vencida foi encontrado na Santa Casa de São João. 

O caso deve ser registrado na polícia, mas como a situação ainda está em andamento, outras informações não foram divulgadas por enquanto. Esta seria a primeira vez que um medicamento vencido foi encontrado durante as visitas do MPF. Na última terça-feira (28) o grupo visitou o Hospital Geral de Guarus. Na sexta (17) e segunda-feira (20) o grupo foi na Unidade Pré-Hospitalar (UPH) de Travessão e no Hospital São José, em Goitacazes. 

Uma entrevista coletiva à imprensa deve acontecer nesta quinta-feira (20), onde o procurador da República, Eduardo Santos Oliveira, deve dar mais informações sobre o caso. 

O balanço da visita ainda não foi divulgado pelo órgão, mas o procurador já disse que a Prefeitura de Campos será intimada em breve para discutir a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Caso não seja firmado um acordo, o MPF deve pedir uma auditoria. 
 
Terceira Via/Show Francisco
Priscilla Alves



PRÓXIMO AO PORTAL DA CIDADE, PIRÃO LUBRIFICANTES


PIRÃO SERVIÇOS E LUBRIFICANTES, SERVIÇOS DE TORNO, SOLDA ELÉTRICA E OXIGÊNIO,

VENDAS DE MOTORES PARA IRRIGAÇÃO, SERVIÇOS MARÍTIMOS, VENDA E TROCA DE ÓLEOS LEVES E PESADOS, FAZEMOS MECÂNICA DIESEL EM GERAL.  
 
CONTAMOS COM OS MELHORES SERVIÇOS DA CIDADE, TORNEIRO MECÂNICO (FERRUGEM) SOLDADOR (JUCA E JOILSON) E MECÂNICO (CÁSSIO)

PRECISOU LIGUE PIRÃO SERVIÇOS E LUBRIFICANTES.
(22) 998-21-1958 OU (22) 27891501


DIREÇÃO DO PIRÃO

RODOVIA AFONSO CELSO, 63 PRÓXIMO AO PORTAL DA CIDADE SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA RJ.

PIRÃO SERVIÇOS E LUBRIFICANTES

 










  

"A morte foi por dengue hemorrágica", afirma infectologista


A médica do Dr. Beda, Andreya Moreira confirmou a causa da morte de Simone Calixto 
 
Nesta quarta-feira (29), a médica infectologista do Hospital Geral Dr. Beda, Andreya Moreira confirmou a causa da morte de Simone Calixto Soares Pereiera, de 42 anos. O laudo da paciente indica hepatite medicamentosa, que evoluiu para uma hepatite fulminante. Os testes do material colhido apontaram positivos para dengue hemorrágica. A moradora do bairro Novo Jockey foi atendida três vezes nos últimos seis dias e na madrugada desta terça-feira (28) deu entrada no Beda por volta das 2h. Às 5h, a paciente foi levada para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas morreu quatro horas depois. Ela trabalhava no almoxarifado da unidade de saúde. 

“Nas duas primeiras consultas no ambulatório, Simone foi atendida e diagnosticada com enfermidade viral, estando apta a voltar para casa. No dia 26, ainda indisposta, retornou à unidade de saúde e em razão do quadro debilitado durante exame clínico, o profissional optou pela internação da paciente. A partir daí, análises laboratoriais comprovaram a elevação das taxas do fígado”, afirmou a infectologista. 

A médica ainda informou que, o prontuário da paciente acusava o relato de dor na coluna e abdominal. Sendo esta última provocada por um mioma, que já estaria sendo tratado por outro profissional.

“Ela poderia estar fazendo uso de anti inflamatórios e até do medicamento Paracetamol para amenizar as dores das outras duas enfermidades. A interação medicamentosa com o vírus da dengue resultou na hepatite fulminante. Este não é um caso comum em pacientes com dengue. Existe a hepatite pelo vírus, mas não foi o caso da Simone, provavelmente pelo uso abusivo do Paracetamol”, disse Andreya.

A infectologista ressaltou ainda que existe um exame – NS1 – que pode ser feito no primeiro dia dos sintomas da dengue, mas pode não apontar o diagnóstico correto. “A sorologia deve ser pedida entre o sexto e oitavo dia após os primeiros sintomas. Não adianta fazer antes porque pode acusar negativo e ainda assim o paciente estar com dengue. A automedicação é perigosa. Existem medicamentos que não devem ser combinados. Em casos de suspeita de dengue então, menos ainda”. 

Em nota, o Hospital Geral Dr. Beda informou que respeita o luto da família e se solidariza com ela. “Simone Calixto Soares Pereira sofria de problemas de saúde que a obrigavam a fazer uso continuado do medicamento Paracetamol. Ao contrair dengue – enfermidade que não combina com a administração deste medicamento – teve o quadro de saúde potencialmente agravado. Mesmo com a suspensão do Paracetamol - logo que a dengue foi constatada - o organismo de Simone não foi capaz de reagir, uma vez que vinha de um histórico de grandes dosagens”. A nota finaliza destacando o momento de perda e de tristeza para todos da unidade de saúde privada. 
 
Terceira Via/Show Francisco



Governo planeja reduzir custo da energia a partir de 2016, diz Braga

Térmicas movidas a óleo, mais caras, podem ser desligadas e substituídas.
 
Gastos extras do setor, porém, vão pressionar contas de luz até 2020.

Mesmo sem ter superado totalmente o risco de um novo racionamento, o governo já planeja para 2016 o início do processo de redução do custo da energia no país, após o tarifaço que elevou as contas de luz neste ano, em alguns casos, em mais de 40%. A informação foi dada pelo ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, em entrevista exclusiva ao G1.

“Agora as nossas medidas não são apenas para evitar racionamento. Agora é evitar racionamento com custo de energia mais baixo. Quando eu cheguei ao ministério, era garantir energia. Nosso desafio agora é garantir energia com um custo mais baixo”, disse Braga.
 
De acordo com ele, esse barateamento viria com o desligamento, a partir de 2016, de usinas termelétricas mais caras, movidas a óleo, cujo custo para produzir 1 megawatt-hora de energia chega a superar R$ 1 mil. Para se ter uma ideia, hidrelétricas geram esse mesmo megawatt-hora por pouco mais de R$ 100.

O objetivo é substituir as térmicas a óleo por novas unidades, que usam gás natural ou biomassa como combustível e, por isso, têm custo de produção mais baixo. Entretanto, se a crise no setor elétrico persistir no ano que vem, as mais caras continuariam a ser usadas para garantir o atendimento da demanda.

Desde o final de 2012, o governo vem mantendo funcionando todas as térmicas disponíveis, devido à falta de chuvas que reduziu o armazenamento de águas nas represas de nossas principais hidrelétricas. Hoje, as térmicas produzem cerca de 20% de toda a eletricidade consumida no país e ajudam a poupar água dos reservatórios. Entretanto, como essa energia é mais cara, vem contribuindo para o aumento das contas de luz.

Patamar internacional
Com a substituição das térmicas, o governo quer forçar o “declínio no custo médio de geração” de energia no país para iniciar o processo de barateamento da tarifa. O tarifaço de 2015 prejudica consumidores, comércio e indústria e causa desgaste ao governo Dilma Rousseff.

“A nossa estratégia é, até janeiro de 2019, trazer o custo de geração [de energia] no país para uma média que seja internacional”, disse o ministro, sem fixar um valor.

Não será uma tarefa fácil, já que custos extras que encarecem a energia do país devem pressionar as tarifas pelo menos até 2020. É o caso dos empréstimos bancários tomados pelo governo para socorrer as distribuidoras no ano passado e que serão repassados às contas de luz, diluídos, até lá. Somados os juros, a fatura chega a R$ 34,015 bilhões.
Leilão

Para contribuir na contratação dessas novas termelétricas mais baratas, o ministro conta com o leilão de energia de reserva marcado para 29 de maio. Ele prevê o início da entrega de energia pelos empreendimentos em 1º de janeiro de 2016.

Na semana passada, quando discutiam a abertura de audiência pública para debater o edital do leilão, diretores da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) demonstraram preocupação com o prazo, considerado curto, para que as usinas sejam construídas e entrem em operação. E informaram que proporiam ao Ministério de Minas e Energia a postergação de datas.

De acordo com Braga, porém, a data de 1º de janeiro de 2016 para início da operação das novas térmicas é “inegociável.”

“É inegociável o 1º de janeiro, não temos como atrasar a entrada dessa energia sob pena de corrermos riscos desnecessários durante o período úmido de 2016”, disse o ministro. Para ele, não há risco de desinteresse de investidores por conta dos prazos apertados.

A proposta do edital prevê que poderão participar do leilão apenas projetos para usinas a gás natural com custo de produção máximo de R$ 330 por megawatt-hora.

Racionamento
Braga avaliou que o risco de o Brasil enfrentar um racionamento em 2015 “tende a zero.” O otimismo se deve à melhora registrada nos últimos meses no armazenamento de água dos reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste. Essas usinas respondem por cerca de 70% da capacidade de geração elétrica do país e sofrem com a estiagem desde o final de 2012.

“Eu diria que no ano de 2015 a probabilidade de racionamento tende a zero. Nós estamos a cada dia mais distante [do racionamento], mas tem sido uma administração diária porque, como sabemos, a crise hídrica foi muito profunda e tem sido muito profunda”, disse Braga.

Após enfrentarem em 2015 o janeiro mais seco dos últimos 85 anos, essas hidrelétricas voltaram a receber chuva com mais intensidade em fevereiro, março e abril. O nível médio de suas represas, que era de apenas 16,84% em 31 de janeiro, chega ao fim de abril, que marca o encerramento do período úmido no Sudeste e Centro-Oeste, em 33,3%.

Esse índice é o pior para essa época do ano desde os 32,18% registrados ao final de abril de 2001, ano do último racionamento de energia no Brasil. No mesmo mês de 2014, era de 38,77% e, em 2013, de 62,45%.

Segundo o ministro, porém, a água armazenada é suficiente para garantir o abastecimento no país pelo restante do ano, principalmente se confirmada a previsão de institutos de meteorologia de que as chuvas continuarão intensas no mês de maio, na transição do período úmido para o seco.

Outro fator que já colabora para a melhora da situação nos reservatórios é a queda no consumo de energia no país que, segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), ligada ao Ministério de Minas e Energia, foi de 0,6% no primeiro trimestre do ano, resultado puxado pela desaceleração da economia.

Braga afirmou que a tendência agora é que os reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste cheguem ao início de 2016 em uma situação melhor que a do começo deste ano.

“Tudo indica que chegaremos a 2016 com uma reservação de água variando entre 18% a 25%”, afirmou.


 G1/Show Francisco



CLASSIFICADOS: PASSANDO OU TROCANDO



PASSA - SE ESTE PONTO EM SÃO FRANCISCO AO LADO DO COLÉGIO ESTADUAL SÃO FRANCISCO DE PAULA SEM AS MERCADORIAS. A LOJA MEDE 9X6. ACEITA TERRENO EM TROCA , MAIS INFORMAÇÕES COM DONA NAIDE TEL:(22) 9-9865-5668