Web Rádio Show Francisco no 24 Horas no Ar

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Conta de luz deixará de ter taxa extra em junho, informa Aneel

Bandeira tarifária está na cor amarela em maio e passará para cor verde em junho. De acordo com a Aneel, chuvas superaram as expectativas, mantendo o nível dos reservatórios.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (31) que a conta de luz deixará de ter cobrança extra em junho.

A bandeira tarifária de maio está na cor amarela, cuja cobrança extra é de R$ 1,50 a cada 100 quilowatts/hora consumidos, e passará para a cor verde, sem taxa adicional.

Segundo a Aneel, as chuvas em maio superaram as expectativas, mantendo o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas.



Entenda as bandeiras tarifárias

Sistema de bandeiras

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo da energia gerada, possibilitando à população reduzir o consumo quando a energia está mais cara.

O funcionamento das bandeiras tarifárias funciona nas cores verde, amarela ou vermelha (patamares 1 e 2).

A bandeira indica se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

Reajuste

Os valores das bandeiras tarifárias serão reajustados a partir de 1º de junho.

Pela decisão do governo:

na cor verde: permanece sem cobrança extra na conta;
na cor amarela: a taxa extra passará de R$ 1,00 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos;
na cor vermelha patamar 1: a taxa extra passará de R$ 3,00 para R$ 4,00 a cada 100 kWh consumidos;
na cor vermelha patamar 2: a taxa extra passará de R$ 5,00 para R$ 6,00 a cada 100 kWh consumidos.

Segundo o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, o reajuste evitará que a conta da bandeira tarifária fique deficitária em 2019.

Em 2017, a conta da bandeira fechou com déficit de R$ 4,4 bilhões e, em 2018, de R$ 500 milhões.
G1/Show Francisco

Padrasto é detido suspeito de abusar da enteada de 11 anos no Parque Eldorado, em Campos














Na manhã desta sexta-feira (31), um homem, identificado como Thiago Simões de Oliveira, foi levado para delegacia do Centro de Campos, após suspeita de abusar da enteada de apenas 11 anos, no Parque Eldorado, em Campos.

De acordo com a mãe da menina, há alguns meses ela desconfiou do tratamento que padrasto e enteada vinham mantendo um com o outro. “A troca de carinho era constante entre eles, chegando a ser exagerado”, disse a mulher.

A mãe solicitou ajuda da irmã mais velha para flagrar os dois. Pressionada pela irmã mais velha, a menina de 11 anos confessou que mantinha relações sexuais com o padrasto.

Após a filha mais velha contar para a mãe do possível estupro, a mulher acionou a polícia e o padrasto foi levado para a DEAM.

O acusado não foi preso por não haver flagrante, após exames, se confirmado a conjunção carnal, a Polícia Civil irá pedir a prisão do suspeito.
Campos em Foco/Show Francisco

Bom Jesus do Itabapoana tem epidemia de chikungunya e decreta situação de emergência

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, foram notificados 1.146 casos da doença, dos quais 245 foram confirmados.

A cidade de Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense, está enfrentando uma epidemia de chikungunya. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, foram notificados 1.146 casos da doença em 2019, dos quais 245 foram confirmados.

Diante do panorama, foi decretada situação de emergência no dia 7 deste mês, cuja publicação ocorreu no dia 13.

“Uma vez que os números são estatísticos e, levando em consideração que parte das pessoas infectadas não procura os serviços de saúde do município, podemos chegar a um número maior de pessoas contaminadas”, diz a nota divulgada pelo município.

Segundo a Prefeitura, o município adquiriu inseticida e 10 cadeiras de hidratação e soroterapia e criou o Comitê Municipal de Prevenção e Controle de Arboviroses

Ainda de acordo com a Prefeitura, entre as medidas definidas como prioritárias pelo município para o combate estão:

Contratação temporária de novos agentes de endemia
Aquisição de insumos necessários para a remediação dos sintomas
Autorização de disponibilização, caso seja necessário, de técnicos de enfermagem e enfermeiros da Prefeitura para auxiliarem o corpo técnico existente no Posto de Urgência
Elaboração de relatório diário das atividades realizadas pelos agentes de endemias e agentes comunitários de saúde, dos trabalhos efetuados em conjunto ou isoladamente pelas secretarias, além de relatório de todos os atendimentos realizados no Posto de Urgência

A nota do município sobre a epidemia e as ações realizadas está disponível na página da Prefeitura.

Chikungunya no Norte e Noroeste

Além de Bom Jesus, outras cidades do Norte e Noroeste do Rio estão enfrentando problemas com as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Campos dos Goytacazes, maior cidade da região, enfrenta um surto de chikungunya, com 3.395 casos confirmados. A estrutura de atendimento aos pacientes na cidade precisou ser ampliada.

Miracema decretou emergência por conta do número de casos de doenças transmitidas pelo mosquito. Em Itaperuna, são 943 casos confirmados de chikungunya e 3.121 casos suspeitos são investigados.
Campos em Foco/Show Francisco

Rotina do medo chega à BR 356

ALUYSIO ABREU BARBOSA

Dois homens armados têm alterado a rotina de quem trafega pela BR 356 no trecho Campos/Atafona. Na última semana, já promoveram pelo menos três ações muito parecidas, todas em Martins Lage, no quebra-molas perto do ponto de ônibus da localidade à beira da estrada. Em ação da PRF na BR 101, um homem foi preso na última quarta (29) em um carro adulterado.
Aproveitando a redução de velocidade imposta aos motoristas pelo quebra-molas naquele ponto da BR, dois bandidos renderam e abandonaram um casal e seus dois filhos em um carro de passeio na noite de domingo (26). Levaram o veículo, um Hyundai HB20, até agora não recuperado, celulares, carteiras com dinheiro e documentos, celulares e até a bíblia da família que saía de uma igreja de Martins Lage para Campos. O caso foi registrado na 134ª DP.
Também foram dois elementos armados que tentaram parar um ônibus da 1001 da linha Campos/Atafona na noite de terça (28). Percebendo a ação, o motorista não reduziu a velocidade no quebra-molas, mas os passageiros ficaram muito assustados, segundo relatou uma rádio comunitária de São João da Barra. Como o assalto não foi consumado, o caso não foi registrado na Polícia Civil.
Além das duas ações confirmadas, um áudio que circulou em grupos de WhatsApp relatou uma terceira durante a semana. Sem data conhecida ou registro policial, mas divulgada nas redes sociais junto com a foto de um tiro de raspão sobre outro veículo de passeio, também teria sido praticada por dois assaltantes no mesmo local. O tiro teria sido disparado quando o motorista percebeu a ação e se evadiu do local.
Chefe da Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Campos, Wheber Boroto está ciente das ocorrências, aparentemente praticadas pelos mesmos indivíduos:
— Ficamos sabendo dos casos. Mas só um deles, o de domingo, foi registrado na 134ª DP, a quem cabe a investigação. Esse tipo de ação criminosa em Martins Lage é uma novidade ruim. Há uns três anos, alguns assaltos a veículos foram cometidos na BR 356, mas no trecho Campos/Itaperuna, que acabaram quando os integrantes da quadrilha foram presos. Eles agiam e residiam no Fundão e Parque Aldeia. É provável que esses dois elementos de Martins Lage também sejam dali, ou de Campos. Vamos trabalhar para tirá-los de circulação.
Fmanhã

Brasil teve queda significativa no número de fumantes, diz secretária

A Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, da Organização Mundial da Saúde (OMS), da qual o Brasil é signatário, contribuiu para acelerar a redução do número de fumantes, que já vinha ocorrendo no país em anos anteriores. A afirmação é da secretária executiva da Comissão Nacional para a implementação da Convenção, a médica Tânia Cavalcante, do Instituto Nacional do Câncer, no Dia Mundial sem Tabaco, comemorado hoje (31). A convenção é o primeiro tratado internacional de saúde pública com o objetivo conter a epidemia global do tabagismo

De acordo com a Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), em 2017 a prevalência de fumantes era 10,1%, enquanto em 2006 atingiu 15,7%.

“O Brasil é um dos países que teve queda mais significativa na prevalência de fumantes. O último dado Vigitel de 2017 - ainda não foi lançado o de 2018 - mostra que a proporção de fumantes no Brasil era de 10% na população acima de 18 anos, o que é equivalente a 15 milhões ou 16 milhões de pessoas”, afirmou Tânia, em entrevista à Agência Brasil, acrescentando que esse não é um número desprezível porque tem impacto grande no sistema de saúde.

A convenção é um conjunto de leis, entre elas a de aumento de preços de impostos, a de restrição de vendas de cigarros a menores, de proibição de propaganda de cigarros e medidas educativas, como as campanhas de advertência sanitária nas embalagens do produto. O tratado foi ratificado pelo Congresso Nacional e promulgado pela Presidência da República em 2005.

“Entre 1989, quando tivemos o primeiro estudo, até 2008, que é pouco depois que o Brasil ratifica a convenção promulgada em 2005, a queda na prevalência de fumantes foi de 46%. No intervalo entre 2008 e 2013, esse índice foi de 20%. Em cinco anos, tivemos uma queda que foi quase a metade do que se alcançou nos 20 anos anteriores, quando a gente não tinha a convenção, mas algumas ações que já vinham colaborando para reduzir o tabagismo”, disse a médica.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), 80% dos tabagistas começam a fumar antes dos 18 anos. Para Tânia, a iniciação de fumantes também sofreu impacto com a redução do tabagismo no Brasil. Em 2009, 24% das crianças e adolescentes experimentavam cigarros, enquanto em 2015 eram 19%. “Ainda é um número alto, embora seja muito mais baixo que em outros países”, acrescentou.

A coordenadora disse ainda que a decisão do governo de aumentar os impostos sobre o cigarro influenciou o consumo da população de renda mais baixa e das faixas mais jovens. “Aqui no Brasil se comprova o que as pesquisas do Banco Mundial já mostravam, que essa é uma das medidas mais efetivas para reduzir o tabagismo, especialmente entre os jovens, na prevenção da iniciação e nas populações com menor renda e escolaridade. A convenção agrega valores ao que já vinha sendo feito no Brasil desde meados da década de 90”, observou.

Segundo a secretária, a Comissão Nacional para a implementação da Convenção tem integrantes de vários órgãos de 18 setores do governo, incluindo a Advocacia-Geral da União (AGU), que no último dia 21 entrou com uma ação na Justiça do Rio Grande do Sul pedindo o ressarcimento, pelas empresas produtoras de fumo, dos gastos públicos no tratamento de doenças causadas pelo tabagismo. A ação é decorrente do cumprimento do Artigo 19 da convenção, que trata da responsabilização civil pelos danos. A Receita Federal também tem acento na convenção para tratar das questões tributárias.

A médica lembrou que o Brasil também ratificou o protocolo relacionado ao Artigo 15 do tratado, que se refere à eliminação do mercado ilegal de cigarros.

“Esse protocolo já tem a adesão de mais de 50 países, e a cooperação internacional é o eixo mais importante, porque hoje o que está por trás do comércio ilegal é o crime organizado, a corrupção e a lavagem de dinheiro. Então, é preciso que haja cooperação dos órgãos que têm o poder no tema, que passa a ser de segurança pública, mas também de saúde pública. O cigarro contrabandeado é tema de saúde pública porque facilita a iniciação do tabagismo de crianças e adolescentes, pois é muito mais barato”.

De acordo com a pesquisa colaborativa, coordenada pelo Departamento de Avaliação de Tecnologias em Saúde e Economia da Saúde do Instituto de Educação e Ciências em Saúde (Iecs), 428 pessoas morrem por dia no Brasil em decorrência do tabagismo. Cerca de 12,6% de todas as mortes que ocorrem no país podem ser atribuídas ao consumo de cigarros. As mortes por doenças cardíacas respondem pela maior parte delas: 34,99 mil. Os dados são de 2015 e se referem a pessoas com mais de 35 anos.

Doenças

Entre as pessoas que adoecem por causas atribuídas ao tabagismo, as cardíacas atingem 477,47 mil. A pulmonar obstrutiva crônica vem em segundo lugar, com 378,59 mil casos, seguida de 121,15 mil com pneumonia, 59, 50 mil de acidente vascular cerebral, além de 73,5 mil diagnosticadas com câncer provocado pelo tabagismo. Desse total, 26,85 mil com câncer de pulmão.

Custos

A pesquisa mostrou ainda que as despesas médicas e a perda de produtividade atribuídas ao tabagismo alcançam R$ 56,9 bilhões, sendo R$ 39,4 bilhões de custos médicos diretos, o equivalente a 8% de todo o gasto com saúde e a R$ 17,5 bilhões em custos indiretos, em razão da morte prematura e da incapacidade.
Agência Brasil

Manifestantes protestam pela educação no Centro de Campos

Cerca de duas mil pessoas se concentraram no Pelourinho que fica no Calçadão em ato pacífico 
POR OCINEI TRINDADE


Manifestantes se reuniram no Calçadão de Campos (Fotos. Carlos Grevi)

A cidade de Campos dos Goytacazes foi palco de mais uma manifestação em favor da educação nacional no fim da tarde desta quinta-feira (30). O Pelourinho, instalado no Boulevard Francisco de Paula Carneiro, foi o ponto de encontro de estudantes, professores e servidores públicos, entre outros ativistas. Eles ocuparam o espaço para discursarem, exibirem cartazes e criticarem o governo federal pelos cortes e contingenciamentos na área da educação. Segundo a Polícia Militar, cerca de duas mil pessoas participaram do encontro.


Fotos. Carlos Grevi

Várias instituições da cidade foram representadas na manifestação. Um grupo de alunos e professores do Instituto Federal Fluminense fez uma marcha desde a sede da escola até o Centro. Levaram faixas, cartazes e palavras de ordem. Depois da caminhada, se uniram a outros manifestantes da Universidade Federal Fluminense e da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, instituições públicas de ensino superior da cidade. O reitor da Uenf, Luis Passoni, participou do protesto.


Estudantes do IFF se juntaram aos da UFF e UENF (Foto. Carlos Grevi)

“Acho fundamental ocupar as ruas. É preciso dizer verdades e desfazer mentiras. Disseram que se a Dilma saísse o país ia melhorar; que mudar os direitos trabalhistas a economia mudaria, e isto não aconteceu. Querem tirar da educação com cortes de investimentos quando é preciso fazer muito pela educação do país, desde o ensino fundamental até à universidade. Precisamos formar pessoas com pensamento crítico. Acho que até demorou a reação, mas o movimento deve aumentar”, disse.

A primeira pessoa a discursar no Calçadão foi a professora da Uenf, Luciane Silva. “Os direitos trabalhistas estão ameaçados a cada dia. Defendo uma greve geral. Esses jovens são o futuro do país”, comentou. O estudante de Administração Pública, Gilberto Gomes, também se manifestou na rua. “Acho que é um dia histórico para Campos, para o estado do Rio e para o país. É para defender a educação em todo o país”, disse. Nos cartazes e faixas, o presidente Bolsonaro e o ministro da Educação, Abraham Weintraub, foram bastante criticados.


Letícia Amaral, de 19 anos, estudante de Geografia na UFF protestou com cartaz

A estudante da UFF de Geografia, Letícia Amaral, de 19 anos destacou em um cartaz sobre a crise na educação. “Acho importante a gente vir para rua se manifestar. Isto também é fazer política. Não dá para ficar inerte com o que está acontecendo no país. A educação precisa ser valorizada e cortar verbas não é a melhor decisão”, considera. Outra estudante da UFF que também se manifestou foi Maria Luiza Gomes, moradora de São Francisco de Itabapoana.

“Levo quatro horas na estrada para poder estudar entre ida e volta de São Francisco-Campos. Isto quando o ônibus não dá defeito. É um esforço de muitos de nós que queremos estudar e ter uma profissão e um futuro melhor. Defendo o ensino público e gratuito”, destacou.


Estudante da Uenf, Gilberto Gomes, defendeu a educação em discurso na rua

Durante toda a manifestação, a Polícia Militar esteve presente garantindo a segurança do evento. Não houve registros de incidentes, mas quem precisou passar pelo Calçadão foi necessário paciência por conta do espaço tomado pelos manifestantes. As entradas de bancos e alguns comércios foram parcialmente ocupadas.

Nota do MEC

No início da tarde, a assessoria de comunicação do Ministério da Educação publicou uma nota advertindo alunos, professores e servidores por participações em manifestações públicas. A nota diz:

“O Ministério da Educação (MEC) esclarece que nenhuma instituição de ensino pública tem prerrogativa legal para incentivar movimentos político-partidários e promover a participação de alunos em manifestações. Com isso, professores, servidores, funcionários, alunos, pais e responsáveis não são autorizados a divulgar e estimular protestos durante o horário escolar. Caso a população identifique a promoção de eventos desse cunho, basta fazer a denúncia pela ouvidoria do MEC por meio do sistema e-Ouv. Vale ressaltar que os servidores públicos têm a obrigatoriedade de cumprir a carga horária de trabalho, conforme os regimes jurídicos federais e estaduais e podem ter o ponto cortado em caso de falta injustificada. Ou seja, os servidores não podem deixar de desempenhar suas atividades nas instituições de ensino para participarem desses movimentos. Cabe destacar também que a saída de estudantes, menores de idade, no período letivo precisa de permissão prévia de pais e/ou responsáveis e que estes devem estar de acordo com a atividade a ser realizada fora do ambiente escolar”.
Fonte:Terceira Via

Homem é assassinado perto de pracinha do Parque Aurora em plena luz do dia

Vítima foi identificada como Jhonatan, conhecido como ‘Besourinho'

Um homem foi morto no final da tarde desta quinta-feira (30), próximo da pracinha do bairro Parque Aurora, na Rua Nossa Senhora do Carmo, em Campos. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o homem morreu ainda no local. Por enquanto, a vítima foi identificada apenas como Jhonatan Trindade, conhecido como ‘Besourinho’.

Nas redes sociais, ‘Besourinho’ ostentava fotos de armas, munições e com drogas e alegava fazer parte da facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP).

O corpo será levado para o Instituto Médico Legal (IML) e o caso registrado na Delegacia do Centro.

Fonte:Terceira Via

Homem assalta mulher, é perseguido, invade clínica para se esconder e acaba detido

Ele foi detido por populares até a chegada da Polícia Militar, que o levou para a delegacia

Um homem foi detido na tarde desta quinta-feira (30) após assaltar uma mulher na Avenida José Alves de Azevedo, a Beira Valão, no Centro de Campos. Segundo informações, após o assalto ele tentou fugir, mas foi perseguido por pessoas que presenciaram o assalto. O homem entrou em uma clínica para tentar se esconder, mas acabou detido por populares. Houve um grande tumulto de curiosos ao redor da clínica. A Polícia Militar foi chamada e fez a prisão do assaltante. Por enquanto não há informação se ele estava armado.

O caso foi registrado na Delegacia do Centro.
Fonte: Terceira Via

Ministério Público investiga denúncia de assédio moral na Obra do Salvador e coordenador é demitido

Mais de 20 adolescentes e jovens da instituição já prestaram depoimentos

POR COLUNA DO BALBI


Foto: Carlos Grevi

Três frentes do Ministério Público Estadual em Campos estão investigando denúncias de assédio moral que teriam sido cometidas por um dos coordenadores do Instituto Obra do Salvador, braço social da Diocese de Campos. O suspeito de cometer esses atos de assédio moral com adolescentes e jovens inscritos no Programa Jovem Aprendiz é Edilson Souza Alvarenga, que foi demitido da função na semana passada.

Essa coluna apurou que trabalham no caso as Promotorias de Investigações Criminais, a de Tutela Coletiva da Infância e Juventude e a do Trabalho. Somente uma dessas Promotorias ouviu em depoimento cerca de 25 jovens. Os teores destes depoimentos são resguardados, mas a coluna confirmou que a boa parte dos depoimentos retrata o assédio moral.

As investigações estão agora concentradas na Promotoria de Investigação Criminal. A coluna não conseguiu apurar se o suspeito já prestou depoimento e não conseguiu contado com ele. Uma fonte do Bispado disse que Edilson foi demitido de forma sumária, e assim ele poderá se defender das suspeitas. Essa mesma fonte acrescentou que Edilson tem serviços prestados à obra e que o processo surpreendeu a todos, concluindo que até que se prove o contrário é uma pessoa de alto conceito e de forte virtude moral.

O presidente do Instituto Obra do Salvador, o padre Walace Ortêncio de Azevedo, hoje pároco da Igreja Santo Antônio em Guarus e o Bispo de Diocese de Campos, Dom Roberto Ferreria Paz, prestaram depoimentos ao Ministério Público no dia 13 de maio. Os teores destes depoimentos não foram divulgados. Mas falando para essa coluna, o padre Walace disse que a decisão de demitir Edilson foi tomada naquele dia.

“Temos certeza de que isso não irá abalar a credibilidade da Obra. Para mim é um caso isolado. Toda Campos e todo o país conhece o trabalho desta obra. Temos que lamentar e continuar em frente na certeza de que isso foi um fato isolado que são se repetirá”, disse o padre Walace para essa coluna.

Assédio moral é a exposição de alguém a situações constrangedoras e prolongadas no exercício de suas funções.

Fundada em 21.05.1987, pelo então Bispo de Campos, Dom Carlos Alberto Navarro, para projetos sociais e de “ações transformadoras” a Obra do Salvador é reconhecida como de utilidade pública Municipal, Estadual e Federal. Tem como lema ‘Bem-aventurados somos nós que tecemos solidariedade para oferecer oportunidade’. É uma instituição acima de qualquer suspeita e mesmo se as denúncias se configurem, ela não pode ser responsável por atos individuais. A instituição não faz parte da peça do processo.

O Terceira Via, a partir de sua conduta jornalística, avaliou a apuração do colunista e a considerou notícia embora não haja nenhuma sentença. Decidiu não publicar a imagem do suspeito.
Fonte:Terceira Via

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Bolsa Família: prazo para regularizar o acompanhamento da saúde termina dia 7 de junho

Os inscritos no Programa Bolsa Família (PBF), em São Francisco de Itabapoana (SFI), que ainda não realizaram o acompanhamento das condicionalidades da saúde devem ficar atentos. O prazo final é o próximo dia 7 de junho e quem não regularizar a situação pode ter o pagamento bloqueado.

“Estamos pedindo às famílias que ainda não realizaram o acompanhamento que compareçam à Secretária Municipal de Saúde, no setor Bolsa Família, dentro do prazo, para que possamos cumprir esta determinação do Governo Federal, evitando o bloqueio do benefício”, informou a coordenadora do PBF e gestora do Cadastro Único em SFI, Joselma Cavalar.

Condicionalidades da saúde – Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), responsável pelo PBF em nível federal, os beneficiários do programa devem levar as crianças menores de 7 anos para tomar as vacinas recomendadas pelas equipes de saúde e para pesar, medir e fazer o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento. Já as gestantes devem fazer o pré-natal e ir às consultas na Unidade de Saúde.
Ascom SFI-RJ/Show Francisco

Ordem de serviço nesta quinta (30) para a reforma e ampliação da UBS de Coreia


A Unidade Básica de Saúde (UBS) de Boa Esperança do Sul (Coreia), em São Francisco de Itabapoana (SFI), receberá investimentos, por meio da Secretaria de Saúde, visando a reforma completa e ampliação de sua estrutura. Nesta quinta-feira (30), às 17h, a prefeita Francimara Barbosa Lemos vai assinar a Ordem de Serviço para o começo das intervenções.

“A necessidade de que a UBS recebesse obra de reforma e ampliação foi identificada pela prefeita Francimara ainda no início da gestão e será realizada com o objetivo de compatibilizar a estrutura à necessidade dos serviços disponibilizados à população local”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista.

A UBS Boa Esperança do Sul foi construída na gestão do prefeito Barbosa Lemos (1997/2000) e desde então não recebeu qualquer investimento significativo.


“Com a reforma, a unidade passará a contar com novos espaços de recepção, banheiros masculino e feminino, área de esterilização, consultório médico e procedimentos de enfermagem, o que certamente possibilitará a melhoria das condições do atendimento prestado aos moradores e de trabalho para os funcionários que lá atuam”, destacou Campista.

As obras têm um custo estimado em R$ 144.503,17 e previsão de serem concluídas em 180 dias.
Ascom SFI-RJ/Show Francisco

SFI dobra atendimento pediátrico em creches municipais



 O número de creches da rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI) que contam com atendimento pediátrico aumentou. Desde 2017, eram quatro unidades, atualmente são oito.

As consultas são realizadas pelo pediatra Carlos André Chacar uma vez por mês em cada creche, conforme informou a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SMEC).

Segundo a secretária municipal de Educação e Cultura, Yara Cinthia, os pais e responsáveis dos alunos são encarregados pelo agendamento, junto à direção, e acompanhamento.

“Saúde é Educação. Uma criança saudável terá uma capacidade cognitiva maior de aprendizado. Por isso, temos investido fortemente no setor”, pontuou. Ela destacou que, caso haja a necessidade, o médico de realização de exames e de encaminhamento para especialista.

A prefeita Francimara Barbosa Lemos lembrou o investimento feito para a retomada do Odontomóvel, através do projeto “Educar Sorrindo”, também no setor.
Ascom SFI-RJ/Show Francisco

PRF detém motorista em carro adulterado e com documentos falsos na BR-101

Licenciamento apresentado pelo homem era de um lote furtado no Espírito Santo. Flagrante aconteceu na altura de Campos.

Um homem foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao ser flagrado com um carro adulterado e com um documento do veículo furtado no Espírito Santo nesta quarta-feira (29) na BR-101, em Campos dos Goytacazes.

Segundo a PRF, o homem foi indiciado por uso de documento falso, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

Equipes do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da 8ª Delegacia faziam uma ronda na rodovia quando foram ultrapassadas por um carro em alta velocidade.

O homem foi abordado e disse que não possuía habilitação. Ele apresentou um certificado de licenciamento do veículo de 2014 que era de um lote furtado no Espírito Santo. O condutor ainda entregou outro certificado, de 2015, com a numeração inválida.

A PRF informou ainda que durante a fiscalização, os policiais também constataram que o número do motor estava suprimido e o chassi adulterado.

O homem foi encaminhado para a sede da Polícia Federal em Campos.
Campos em Foco/Show Francisco

Carro tem parte da frente destruída em acidente com criança e outros três feridos em Campos

Colisão contra uma caminhonete aconteceu no cruzamento entre as avenidas 28 de Março e Arthur Bernardes.

Um acidente entre um carro e uma caminhonete deixou uma criança de 8 anos e três adultos feridos na manhã desta quinta-feira (30) em Campos dos Goytacazes.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os veículos colidiram nos cruzamentos das avenidas 28 de Março e Arthur Bernardes.

Ainda de acordo com a corporação, no carro estava um casal com a criança. Já na caminhonete estava um homem que fazia o transporte de gás de cozinha.

As quatro vítimas foram encaminhadas para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

As causas do acidente serão investigadas na 134ª Delegacia de Polícia do Centro.
Campos em Campos/Show Francisco

Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos completa 56 anos nesta quinta-feira

Entidade foi fundada em 30 de maio de 1963, com o objetivo de representar, fortalecer e prestar serviços aos comerciantes


(Foto: Arquivo)

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos completa, nesta quinta-feira (30), 56 anos de fundação. Atualmente presidida pelo empresário do ramo farmacêutico Orlando Portugal, a entidade foi fundada em 30 de maio de 1963, com o objetivo de representar, fortalecer e prestar serviços aos comerciantes.

Ao mesmo tempo, se firmou como um exemplo da representação classista e da capacidade de mobilização da sociedade civil organizada, promovendo não só o desenvolvimento do segmento lojista, como contribuindo com os poderes públicos e se articulando em torno lutas reivindicatórias históricas.

Filiada à Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado do Rio de Janeiro (FCDLRJ), a CDL Campos também é conhecida pela política de aproximação e cooperação com entidades co-irmãs, que sejam da classe lojista, de serviços, cultural ou social, e autoridades, o que já resultou em vitórias importantes não só para o comércio, mas para toda a sociedade Campista.
Fonte:Terceira Via