Web Rádio Show Francisco no 24 Horas no Ar

Ao Vivo Web Rádio Show Francisco

OUÇA TAMBÉM NO SEU FACEBOOK

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Prefeitura de São João da Barra antecipa shows do verão/2011

 (Fotos Michel Teló e Parangolé)


A Prefeita de São João da Barra, Carla Machado, anunciou no último domingo (28/11), durante o show de Angela Maria, que fez parte da programação do Festival da Primavera, no Novo Balneário, algumas das atrações que farão parte da programação do Verão 2011.
Já estão confirmados os shows de Michel Teló, revelação do sertanejo universitário, durante o Reveillon, na praia de Grussaí, que ainda receberá, em outras datas, Tomati, Banda Eva e Parangolé. A praia do Açu também receberá o ex-vocalista do grupo Rapazolla, além da dupla Maria Cecília e Rodolfo e da banda baiana Voa Dois. Já o Novo Balneário em Atafona, contará esse ano com a volta de Zé Ramalho. Uma das novidades na programação é Milton Nascimento, pela primeira vez se apresentando em São João da Barra e o rock de Jota Quest.
Dentro das próximas semanas a Prefeitura de São João da Barra anunciará o restante da programação, que promete ser uma das melhores de todos os tempos. A Secretaria de Turismo está aguardando confirmações. A previsão é que no dia 14 de dezembro, quando será anunciada oficialmente a programação completa, todos já tenham confirmado.
Segundo o secretário de Turismo, Márcio Soares, estão faltando apenas detalhes técnicos, como certidões e possíveis trocas de datas, mas os artistas contatados pela Prefeitura já manifestaram o interesse de se apresentarem aqui ao longo do Verão.

Câmara não julga as contas de Mocaiber e Henriques

Vereadores não julgaram nesta terça-feira(30) as contas dos ex-prefeitos Alexandre Mocaiber e Roberto Henriques. A sessão foi encerrada às 18h33 pelo presidente em exercício, vereador Rogério Matoso, em virtude de falta de quórum. O vereador Jorge Magal fez um pedido de vistas, que não chegou a ser votado. No início da sessão, todos os vereadores estavam em plenário, mas às 18h30 já não havia quórum, em função saída da maioria do plenário.
“Tenho que obedecer o Regimento Interno da Casa. Por isso, estou encerrando a sessão por falta de quórum”, disse Rogério Matoso às 18h33minutos. Dentro de Instantes mais detalhes.
 
Contas/2008
As contas são referentes ao ano de 2008 da gestão do ex-prefeito Alexandre Mocaiber (PSB) e de seu vice, Roberto Henriques (PR), que chegou a assumir o governo por 40 dias. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu um parecer pela não aprovação, em decorrência da verificação de sete irregularidades e 19 improbidades administrativas. Mas, nestes casos, a aprovação ou não cabe ao poder legislativo, tendo o TCE apenas o papel consultivo.

Chefe do tráfico de Manguinhos é preso


Rio - Agentes da 6ª DP (Cidade Nova) localizaram e capturaram o chefe do tráfico da Favela de Manguinhos, Daniel Soares, o "Daniel Papai", de 29 anos, nesta terça-feira. Ele fugiu durante o combate com a polícia naquela região e estava escondido em Maria Paula, próximo à Pendotiba, em Niterói, na Região Metropolitana.

Ao ser encontrado, o criminoso tentou fugir e, em uma troca de tiros com policiais, foi atingido. Ele foi levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima, em Fonseca, e não corre risco de vida. De acordo com a polícia, Daniel foi o primeiro traficante foragido a ser preso.
Ataques começaram no domingo ao meio-dia
A onda de ataques violentos no Rio e Grande Rio começou no domingo 21 de novembro, por volta do meio-dia, na Linha Vermelha, quando seis bandidos armados com cinco fuzis e uma granada fecharam a pista sentido Centro, altura de Vigário Geral. Os criminosos, em dois carros, levaram pertences de passageiros e queimaram dois veículos, após expulsarem os ocupantes. Para o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, as ações criminosas são uma reação contra a política de ocupação de territórios do tráfico, por meio das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e a transferências de bandidos para presídios federais em outros estados.
Na manhã da segunda-feira, cinco bandidos armados atacaram motoristas no Trevo das Margaridas, próximo à Avenida Brasil, em Irajá, também na Zona Norte. Os criminosos roubaram e incendiaram três veículos. No mesmo dia, criminosos armados com fuzis atiraram em uma cabine da PM na rua Monsenhor Félix, em frente ao Cemitério de Irajá. A PM acredita que o incidente tenha sido provocado pelos mesmos bandidos que haviam incendiado os três carros na mesma manhã. À noite, traficantes incendiaram dois carros na Rodovia Presidente Dutra, na altura da Pavuna. Foi o quinto ataque a motoristas em menos de 48 horas. Na Zona Norte, outra cabine da Polícia Militar foi metralhada.
No dia seguinte, as polícias Militar e Civil se uniram para reforçar o patrulhamento pelas ruas do Rio. O efetivo foi redobrado para controlar os ataques dos bandidos. A operação, que se chamou 'Fecha Quartel', suspendeu todas as folgas dos policiais militares do Rio de Janeiro. Mais de 20 favelas foram invadidas e armas e drogas foram apreendidas. Bandidos foram presos e alguns criminosos mortos em confronto com agentes.
Na quarta-feira 24 de novembro, novos ataques: ônibus, van e carros foram incendiados na Zona Norte do Rio, Baixada Fluminense e Niterói. Sérgio Cabral, governador do Rio, desafiou os bandidos: 'Não há paz falsa. Não negociamos'. Em uma reunião de cúpula da Segurança Pública do Estado, ficou decidido que a Marinha daria apoio logístico às operações de resposta aos ataques de bandidos.
Em mais um dia de veículos incendiados espalhados pela cidade, mais de 450 homens - entre polícias Militar e Civil e fuzileiros da Marinha, com o apoio de blindados de guerra da força naval, tomaram a Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha. Emissoras de tv mostraram, ao vivo, centenas de bandidos armados fugindo para comunidades vizinhas. Cenas históricas que mostraram a atual situação do Rio de Janeiro. Na sexta-feira 26 de novembro, o Exército e a Polícia Federal entraram na batalha. No sábado, uma chance para traficantes locais. A Polícia Militar tentou a rendição dos cerca de 600 bandidos que estariam no Complexo do Alemão. Exatamente às 7h59 deste domingo, o comando da PM ordenou a invasão e poucos mais de 1 hora depois, o Estado comunicava que o conjunto de favelas estava tomado.

Gisele Bündchen é flagrada sem blusa dentro de um carro

Rio - Gisele Bündchen foi flagrada sem blusa no momento em que trocava de roupa dentro de um carro, para uma sessão de fotos em St Barts, no Caribe, na semana passada.

As fotos só foram divulgadas nesta terça-feira. A top brasileira também foi flagrada tirando o short e mostra que nem tudo são flores na vida de uma estrela. 

Presidente sanciona Lei do “Dia do Evangélico” e líderes criticam


O presidente Lula sancionou a Lei Nº 12.328 que torna o dia 30 de novembro o Dia Nacional do Evangélico. Líderes evangélicos criticaram.
Saiu no Diário Oficial desta quinta-feira (16/9), o decreto da Lei Nº 12.328 que torna o dia 30 de novembro, o Dia Nacional do Evangélico. No entanto, a data não significará mais um feriado no mês de novembro, nem sequer ponto facultativo no Brasil.
O Dia do Evangélico já faz parte do calendário oficial brasiliense e é considerada ponto facultativo no Distrito Federal. A data foi criada e garantida pela lei 893/95, a partir de um projeto do então deputado distrital Carlos Xavier.
Crítica
Líderes evangélicos se mostraram surpresos ao saber que a lei 12.328 — que institui o dia 30 de novembro como Dia do Evangélico — foi sancionada quarta-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O decreto foi publicado nesta quinta-feira, 16 de setembro, no Diário Oficial da União. O projeto é do deputado do Partido Republicano Brasileiro (PRB-MA), Cléber Verde.
“É uma iniciativa simpática, mas, todavia, a República nasceu laica e precisa continuar laico. Defendo a separação entre Igreja e Estado para que haja democracia. O presidente precisa despertar para esse aspecto da Constituição”, explica o presidente da Catedral Presbiteriana do Rio e da Academia Evangélica de Letras do Brasil, Reverendo Guilhermino Cunha.
O diretor-geral da Convenção Batista Carioca, Pastor Walmir Vieira, concorda.”Não há necessidade disso. O dia do evangélico é todo dia, quando damos testemunho de uma vida cristã e bonita. Se existe um dia do evangélico, será preciso haver um para os católicos, para os espíritas”.
Teólogo e professor de Filosofia, o pastor Alexandre Marques também destaca a importância de não privilegiar nenhuma religião. ” Será preciso haver um dia para as tradições orientais e africanas, que foram demonizadas e atacadas”.
Diário Oficial da União
LEI N 12.328, DE 15 DE SETEMBRO DE 2010
Institui o Dia Nacional do Evangélico a ser comemorado no dia 30 de novembro de cada ano.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1 Fica instituído o Dia Nacional do Evangélico, a ser comemorado no dia 30 de novembro de cada ano.
Art. 2 Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Brasília, 15 de setembro de 2010; 189 da Independência e 122 da República.
LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
João Luiz Silva Ferreira

Fonte: ADIBERJ com informações do Correio Braziliense, Extra online e JusBrasil

Há trinta anos morria Cartola, um dos grandes sambistas do Brasil


Rio - Em 30 de novembro de 1980 o Brasil perdia o compositor Angenor de Oliveira, o Cartola. Considerado por muitos críticos o maior sambista da história da música brasileira, Cartola teve uma vida a altura das letras tristes de seus sambas, como 'Alvorada', 'Disfarça e Chora' e 'As Rosas não Falam'.
                                                                     Foto: Divulgação
Origens
Angenor de Oliveira nasceu em 11 de outubro de 1908 no Rio de Janeiro. Deveria se chamar Agenor, mas um erro do cartório adicionou uma letra a mais no nome. O pai Sebastião era funcionário do Palácio do Catete, e sua infância, passada nos bairros do Catete e Laranjeiras foi humilde, mas não pobre, e ele teve acesso à escola, algo raro na época. Mas dificuldades financeiras levaram a família a se mudar para o morro da Mangueira, na zona norte do Rio, onde então havia uma pequena favela, quando ele tinha onze anos.

O jovem Angenor aprendeu com o pai a tocar violão e cavaquinho e cedo se apaixonou pelo samba. Na adolescência se tornou protegido do lendário malandro e sambista Carlos Cachaça, e juntos eles formaram o Bloco dos Arengueiros, o embrião da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira, fundada em 1928. Aos quinze anos ele largou os estudos e começou a trabalhar como pedreiro. Seu hábito de usar um chapéu coco para proteger a cabeça do cimento gerou o apelido Cartola.

Sua mãe morreu quando ele tinha 17 anos, e as constantes brigas com o pai devido à sua vida boêmia o levaram a sair de casa. Ele vive uma vida de malandragem, bebendo, freqüentando prostíbulos e dormindo em trens, até ser "salvo" por uma vizinha mais velha, Deolinda, que se apaixonou e levou Cartola para morar com ela. A casa era freqüentada por malandros e sambistas como Noel Rosa. Após fundar o bloco dos Arengueiros e a Estação Primeira de Mangueira, Cartola começou a ficar conhecido fora da comunidade, e na década de 30 teve sambas gravados por grandes cantores da época, como Mário Reis, Francisco Alves, Silvio Caldas e Carmen Miranda.

Esquecimento
A consagração maior veio em 1940, quando Carola foi convidado pelo compositor erudito Heitor Villa-Lobos para uma gravação de ritmos folclóricos brasileiros encomendada pelo maestro americano Leopold Stokowski, realizada em um navio ancorado no porto do Rio. No mesmo ano ele estreou o programa A Voz do Morro, na rádio Cruzeiro do Sul. Mas na década de 40 começaram os problemas. Uma nova diretoria da Mangueira começou a boicotá-lo, e ele acabou deixando o morro. Ele contraiu meningite e a mulher Deolinda morreu devido a um ataque cardíaco.

Trabalhou em subempregos, como vigia e lavador de carros, e se entregou à bebida, com diversos problemas de saúde, como a infecção no nariz. Foi "salvo" novamente por uma mulher, dona Zica, antiga admiradora, com quem viveu até sua morte. Foi redescoberto artisticamente pelo jornalista Sérgio Porto, lavando carros no bairro de Ipanema. Voltou a se apresentar no rádio e em bares e restaurantes, e na década de 60 abriu, com dona Zica, o famoso restaurante Zicartola, que virou ponto de encontro dos maiores sambistas e músicos ligados à bossa nova, como Nara Leão, Paulinho da Viola e Nelson Cavaquinho. O Zicartola não durou muito, mas entrou para a história da boemia carioca.

Consagração
Em 1965, o disco Opinião, de Zé Keti, João do Vale e Nara Leão, trazia a faixa O Sol Nascerá, de Cartola. Ele participou de discos de Clementina de Jesus e Elizeth Cardoso, e em 1968 participou em duas faixas do LP Fala Mangueira. Na década de 70 veio a consagração final, que começou com uma série de shows organizada pela UNE (União Nacional dos Estudantes). Nomes como Paulinho da Viola, Clara Nunes e Elza Soares gravaram seus sambas. E, em 1974, aos 66 anos, ele lançou seu primeiro LP, produzido de forma independente por Marcus Pereira, onde cantou, acompanhado por instrumentistas de primeira linha, sambas belíssimos como Tive Sim, Alvorada, Corra e Olhe o Céu e Quem Me Vê Sorrindo, entre outros. Outro disco, de 1976, trazia As Rosas Não Falam e O Mundo é um Moinho, além de versões de Preciso me Econtrar, de Candeia, e Senhora Tentação, de Silas de Oliveira.

O sucesso dos dois discos levou à uma consagração final, e ao morrer, em 30 de novembro de 1980, vítima de câncer, Cartola já era considerado um dos nomes mais importantes da história da música brasileira. O poeta Carlos Drummond de Andrade dedicou a ele uma crônica publicada no Jornal do Brasil, e seu velório foi acompanhado por praticamente todos os grandes nomes do samba e da MPB.

Talvez o traço mais característico da obra de Cartola seja a sofisticação e o uso impecável da língua portuguesa em suas letras, aliadas aos arranjos ao mesmo tempo singelos e sofisticados. Em 2007 foi lançado o filme Cartola: Música Para os Olhos, de Lírio Ferreira e Hilton Lacerda, e no ano seguinte seu centenário foi comemorado com uma série de discos e shows especiais. E hoje, nos trinta anos de sua morte, Cartola é homenageado pelas novas gerações. A palavra "Cartola" chegou ao topo dos "trending topics", lista de assuntos mais comentados do Twitter no Brasil.

Mirella Santos vai à praia com amiga

RIo - Mirella Santos não perde a oportunidade de pegar um solzinho. A mulher de Latino aproveitou o calor que faz no Rio nesta terça-feira para ir à praia da Barra da Tijuca com uma amiga. Com um biquíni fio dental, a loura se bronzeou e depois "devorou" um salgado.

Nova população em Campos e mais dois vereadores na Câmara Municipal


Após a divulgação do resultado final do Censo 2010, depois de cerca de quatro meses de trabalho de coleta e supervisão através do IBGE, que apontou a população brasileira de 190.732.694 pessoas em 1º de agosto, data de referência, os novos números afetam diretamente a composição das cadeiras nas Câmaras Municipais no país. Em Campos, por exemplo, o município ganha mais duas cadeiras e sobe para 25 na próxima legislatura.
Atualmente, Campos tem 17 vereadores, mas, depois da promulgação pelo Congresso Nacional da PEC dos Vereadores, em setembro do ano passado, já a partir das próximas eleições, em 2012, passaria para 23. Ocorre que, os cálculos foram feitos com base na projeção do IBGE para 2009, quando o município registrava cerca de 430 mil habitantes e estava na faixa de 300.001 a 450 mil habitantes, que dá direito a 23 cadeiras na Câmara. Com o Censo 2010, que aponta Campos com 463.545 moradores, a cidade ganha o direito a mais duas cadeiras, totalizando 25, já que entra na faixa de 450.001 a 600 mil habitantes.

Rio das Ostras busca reforço da PM para o Verão 2010/2011

O prefeito de Rio das Ostras, Carlos Augusto, e o presidente da Câmara Municipal, vereador Carlos Afonso, se reuniram com o comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Mário Sérgio Duarte. O objetivo do encontro foi solicitar reforço de policiamento para o município, em especial na alta temporada, quando o município recebe, em média, 200 mil turistas. A PM informou que enviará mais policiais e veículos a Rio das Ostras durante o Verão 2010/2011.
Na oportunidade, o prefeito solicitou providências para melhorar a segurança na cidade e destacou a importância dos novos veículos da PM enviados à 3ª Companhia da PM, no município, em setembro último. “Os reforços mostram que o Estado está sensível à questão da segurança em Rio das Ostras e na região. Diante do grande crescimento populacional de nosso município, controlar o índice de criminalidade tem sido um grande desafio e a administração municipal busca fazer sua parte, apoiando as polícias”, ressaltou Carlos Augusto, lembrando que a Guarda Civil Municipal também reforçou o efetivo nas rondas, realizadas 24 horas.
O comandante Mário Sérgio disse que será feito um estudo para o aumento do efetivo fixo no município. A PM informou que a partir do dia 10 de dezembro o quadro de policiais de Rio das Ostras contará com o reforço de mais 50 PMs, que ficarão durante toda alta temporada, juntamente com cinco carros e quatro motos que ajudarão no patrulhamento existente.
Carlos Augusto; presidente da Câmara, Carlos Afonso, e Cel Mário Sérgio

Imbé/Campos: Carobinho pode ser reconhecida como comunidade quilombola

Uma comunidade na região do Imbé, em Campos, pode ser reconhecida como quilombola. No Estado do Rio de Janeiro, há 15 comunidades remanescentes de quilombos. A maioria está localizada na região litorânea do Estado, nos municípios Cabo Frio, Búzios, São Pedro da Aldeia, Angra dos Reis e Paraty.  As demais estão localizadas no interior, nos municípios de Quissamã, Vassouras, Valença e Rio Claro. O Incra é o órgão no país que cuida dos processos.

Carobinho está cracada na região do Imbé, em Campos-
Uma comunidade cravada no meio de morros, de comportamento hostil e convivência limitada ao espaço físico ocupado por ela. Carobinho, na região do Imbé, recebeu na semana passada, a expedição realizada pela Fundação Municipal Zumbi dos Palmares, Instituto do Desenvolvimento Afro Norte e Noroeste (Idanff), Ministério do Desenvolvimento Agrário e Instituto Historiar. A dificuldade de acesso à área e o parentesco entre as famílias são fortes indícios, segundo o presidente da Zumbi dos Palmares, Jorge Luís dos Santos, de que Carobinho é uma comunidade remanescente de quilombo.

De acordo com Jorge Luís, depois do primeiro contato com a comunidade, o próximo passo será o planejamento de ação conjunta com as secretarias municipais de Saúde e Assistência e Família para que ações, como vacinação e retirada de documentos. A intenção, segundo o presidente, é oferecer condições básicas de sobrevivência para as famílias, mantendo as características apresentadas por elas.
Na primeira visita dos representantes das instituições foi possível perceber a forte influência quilombola entre as cerca de 10 famílias que moram no local de difícil acesso e que dispõem apenas de energia elétrica, instalada há pouco mais de um ano e meio.
- Eles vivem praticamente isolados. O isolamento só não é total, porque há um membro que, utilizando uma moto, vai às comunidades próximas comprar mantimentos e também transporta uma das crianças que moram em Carobinho para uma escola de Mocotó. Mas a área é de difícil acesso. Para chegarmos lá, precisamos ir de carro e ainda caminhar uns 40 minutos para avistar as primeiras das 10 casas espalhadas -  destacou Jorge Luís.
Segundo o presidente da Fundação, os moradores vivem da agricultura familiar. De comportamento muito fechado, a comunidade foi descoberta a partir de um membro da Pastoral da Terra, que conheceu as famílias há cerca de dois anos. “A primeira informação que tivemos ali é de que chegaram há, pelo menos, 100 anos ao local. Um dos homens da comunidade contou que seu bisavô, que teria sido escravo em uma fazenda em Mocotó, morreu há duas décadas com a idade de 135 anos. Pelo que pudemos entender, era foi um escravo fujão e levando em conta a Lei Áurea, assinada há 122 anos, podemos considerar essa comunidade com mais de 100 anos, sim”, explicou Jorge Luís .

Homem Aranha’ preso após tentar fuga escalando prédio em Campos

Foto meramente ilustrativa - Divulgação
A Polícia Militar conseguiu prender, no final da noite desta segunda-feira (29), um suspeito de furto a um apartamento no Centro de Campos, que para tentar fugir, incorporou um dos mais famosos personagens criados pelo escritor norte-americano Stanley Martin Lieber: o Homem Aranha, escalando a parede de um prédio.
De acordo com a Polícia, populares perceberam a invasão a um apartamento do 3º andar do prédio da Rua Gil de Góis, entre as ruas Barão da Lagoa Dourada e a Conselheiro José Fernandes, no Centro e acionaram a PM.
A proprietária do imóvel estava na residência de um vizinho e não sabia ainda da invasão do apartamento, dando por falta de eletroeletrônicos. O suspeito escalou a parede do edifício e invadiu outro apartamento, no 4º andar, através da entrada de ar, se escondendo embaixo do sofá, sem que o morador, que estava dormindo no quarto, percebesse.
Policiais militares, após realizarem a revista nos apartamentos, encontraram o “Homem Aranha” com o material furtado, sendo encaminhado para a 134ª Delegacia de Polícia (DP/Centro), onde foi autuado em flagrante.

exclusivo: o galã campeão:Fred, do Fluminense: 'Estou há nove meses sem beijar na boca'

Fotos de Fernando Torquatto
Assim que abriu a porta do carro, em frente a um estúdio, na Gávea, um forte cheiro de perfume Paco Rabanne tomou conta do ar. É uma das marcas do vaidoso Fred, o atacante sensação do Fluminense, que aceitou posar para a coluna depois de uma longa negociação. A “Retratos da vida” convidou Fernando Torquatto para clicar o atleta. No início da sessão de fotos, Fred estava tímido e não aceitou fazer a foto maior que ilustra a página de hoje. Só depois de uma hora de muitos cliques é que saiu esta foto, que vai ficar para a história do futuro campeão brasileiro. Leia a entrevista e conheça um pouco mais do galã campeão.
Você é mineiro, mas se integrou perfeitamente ao jeito carioca. Você já se sente um carioca? Sou o autêntico mineiro. Um cara tranquilo, sossegado. Mas, realmente, me adaptei muito bem ao jeito carioca. Moro em Ipanema e gosto de caminhar pela praia, sair para fazer um lanche com os amigos, que já são muitos. A galera daqui me recebeu muito bem.
O que você mais gosta de fazer no Rio? Sair para jantar, ir ao teatro, pegar uma praia. E o que mais gosto nisso tudo é que posso fazer tudo a pé. A qualidade de vida aqui no Rio é impressionante. Mas falou que é para comer e beber um bom vinho, pode me convidar também. “Tô“ dentro!

Por que nunca ninguem te vê com mulher? Você realmente não está pegando ninguém ou “faz bem feito”?
Eu até tento, mas tá difícil. Há nove meses que não beijo na boca. Estou jogado às traças, carente, precisando de carinho...
Todo mundo acha que jogador de futebol gosta de loura boazuda, pagode e cerveja. Você cumpre essa regra? Prefiro música eletrônica, apesar de curtir também, e muito, o bom e velho pagode. Uma cervejinha de vez em quando também não faz mal a ninguém. Em relação às mulheres, não gosto muito das atiradas. Prefiro as mais tranquilinhas. Gosto de uma beleza mais natural.
Você marcou o gol mais rápido da história do futebol brasileiro. Na conquista, você é tão rápido quanto? A conquista é a parte mais gostosa do relacionamento. Para quê pressa?
Você se acha boa pinta? Cresci ouvindo minha mãe falar isso. Acabei acreditando. E para quem não acha, por favor, não desista: sou gente boa, romântico...
Diga um homem e uma mulher bonita. Uma mulher: Fiorella Mattheis. Um homem: sempre que estou em frente ao espelho vejo um. Mas não “tô” lembrando o nome dele. Acho que joga com a 9 no Fluminense.
Você é adepto de cremes, hidratantes e afins? Sim. Gosto de creme para o cabelo porque, afinal de contas, com essa estopa gigante que tenho, preciso usar dois litros de creme pra domá-la. Uso também cremes para o corpo, os pés, o rosto... Enfim, o que tiver disponível no mercado que ajude a melhorar minha latinha, eu compro (risos).
Você se depila com quê? Cêra, gilete ou máquina? Máquina.
Se pintasse, um dia, uma proposta para ser ator, você toparia? Ator, não sei. Mas fazer uma pontinha em algum filme, novela ou seriado... Quem sabe?
Você se acha o jogador mais bonito do Brasileirão? Ainda bem que você perguntou do Brasileirão. Se fosse do mundo, acho que empataria com o Kaká e o Cristiano Ronaldo. Mas, atuando aqui no Brasil, reino absoluto. Inclusive, vou reclamar com o pessoal da “VIP“ que concedeu aquele prêmio de Homem do Ano ao Neymar. Ele sabe tudo de bola, mas bonito o moleque não é não (risos).
Como você espera estar aos 30 anos de idade? Descreva com detalhes.
Vixe, tá perto! Campeão brasileiro, da Copa Libertadores, do Mundial de Clubes, da Copa América e prestes a me tornar campeão mundial com a Seleção Brasileira, em 2014. E, quem sabe, com uma namorada? Mas tem que ser moça pra casar. Sou mineirinho e, logo, muito conservador... 


Câmara decide nesta terça se vota projeto sobre partilha dos royalties do pré-sal


Líderes partidários na Câmara dos Deputados se reúnem nesta terça-feira(30) para definir a pauta de votações desta semana. A expectativa é que sejam fechados acordos para apreciação do Projeto de Lei  5.940/09, que regulamenta a exploração do petróleo do pré-sal, além da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 507/10, que prorroga o Fundo da Pobreza, cuja vigência acaba em 31 de dezembro deste ano; do Projeto de Lei Complementar 352/02, que muda a Lei Kandir; e
A pauta está trancada por dez medidas provisórias (MPs), entre elas a 500/10, que autoriza a União a usar o Fundo Soberano do Brasil para capitalizar estatais que colocarem ações à venda; e a MP 505/10, que autoriza o Tesouro Nacional a conceder empréstimo de até R$ 30 bilhões para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Na reunião de líderes, pode ser incluída na pauta de votação desta semana o Projeto de Lei 6.578/2009, que torna mais rígidas as ações de combate ao crime organizado no país.
Frase bonita: "Se não puder se destacar pelo talento, vença pelo esforço." (Dave Weinbaum) 

Acidente de dia e protesto à noite em Campos dos Goytacazes,RJ.

Valquíria Azevedo
Ciro Mariano
Diomarcelo Pessanha
Três pessoas ficaram feridas numa colisão no cruzamento das ruas Deputado Nelson Martins com Manoel Gomes Pinto, no Parque Califórnia, ontem à tarde, em Campos. Márcia Mansur, de 52 anos, Daniel Mansur Cezamo, 6, e Diana Maymi Santos, 25, foram levados por uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar para o Hospital Ferreira Machado (HFM). Revoltadas com  acidentes no local, moradores atearam fogo em pneus, por volta das 20h40.

A colisão envolveu o Peugeot cor preta, dirigido por Márcia, que seguia pela Deputado Nelson Martins e a Caminhonete prata, pela Manoel Gomes Pinto. A caminhonete era dirigida por José Carlos Santiago Pessanha, de 53 anos. Após a colisão, o veículo acertou em cheio o muro de uma casa.  Além dele, havia outras três pessoas, mas ninguém ficou ferido. No local há duas placas de “Pare” na rua Manoel Gomes Pinto, mas segundo moradores, os motoristas não respeitariam a sinalização. “Em menos de 15 dias já é o terceiro acidente. Precisamos de quebra-molas, semáforo ou tachões. Tem que ser algo que obrigue o motorista a reduzir a velocidade”, disse diarista Anídia Pinto Soares, 59 anos.

O protesto durou cerca de 20 minutos. O fogo foi apagado pelo Corpo de Bombeiros. A Folha tentou falar com Paulo Mósso, mas o telefone estava na caixa de mensagem.

Outro -Sete pessoas saíram com ferimentos leves de um acidente por volta das 12h30, na esquina da rua Voluntários da Pátria com Benta Pereira, no Centro. Segundo informações, um dos carros, da marca Hilux SW4 seguia pela Benta Pereira quando colidiu com a quina de um Honda Fit, que seguia na Voluntários da Pátria e tombou. As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e levadas para o Hospital Ferreira Machado. Todos passavam bem até o fechamento desta edição.

Últimos resultados do campeonato brasileiro 2010

tabela do campeonato
PJVEDGPGCSG%
1
Fluminense
68
37
19
11
7
61
36
25
61.3
2
Corinthians
67
37
19
10
8
64
40
24
60.4
3
Cruzeiro
66
37
19
9
9
51
37
14
59.5
4
Grêmio
60
37
16
12
9
65
43
22
54.1
5
Botafogo
59
37
14
17
6
54
39
15
53.2
6
Atlético-PR
57
37
16
9
12
42
45
-3
51.4
7
Santos
55
37
15
10
12
63
50
13
49.5
8
Internacional
55
37
15
10
12
45
41
4
49.5
9
São Paulo
52
37
14
10
13
50
54
-4
46.8
10
Palmeiras
50
37
12
14
11
41
41
0
45
11
Ceará
47
37
10
17
10
35
42
-7
42.3
12
Vasco
46
37
10
16
11
41
45
-4
41.4
13
Atlético-MG
45
37
13
6
18
52
60
-8
40.5
14
Avaí
43
37
11
10
16
49
57
-8
38.7
15
Flamengo
43
37
9
16
12
41
44
-3
38.7
16
Atlético-GO
41
37
11
8
18
51
57
-6
36.9
17
Vitória
41
37
9
14
14
42
48
-6
36.9
18
Guarani
37
37
8
13
16
33
52
-19
33.3
19
Goiás
32
37
8
8
21
40
67
-27
28.8
20
Prudente
28
37
7
10
20

Defesa Civil aguarda do Inea medidas preventivas em diques


A Defesa Civil de Campos está aguardando do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) que adote as medidas preventivas para evitar danos causados pela cheia dos rios Paraíba e Muriaé. Uma equipe esteve na manhã desta segunda-feira (29) vistoriando o dique Santa Bárbara, localizado entre os municípios de Campos e Cardoso Moreira, no ponto onde houve rompimento de cerca de 50 metros de largura em 2008 durante a cheia do Rio Muriaé, alagando toda a localidade de Três Vendas.
O secretário Marco Soares afirma que esteve no local, há um ano, acompanhado por várias autoridades de Cardoso Moreira e do Inea. “Se as águas do Rio Muriaé se subirem acima do normal, fatalmente, atingirá Três Vendas porque os diques de Santa Bárbara e Boianga, que está rompido em dois locais, protegem a localidade. Na ocasião, representantes do Inea se comprometeram a realizar as obras de contenção, que agora, não começaram”, informa.
A Defesa Civil também está preocupada com as comportas do município que precisam de reparos, entre elas, a do Canal Vigário, que é mais urgente, entre outras. “A Defesa Civil aguarda, por parte do Inea, o restabelecimento destas comportas para evitar danos idênticos aos que aconteceram na enchente de 2008”, explica

Procon alerta sobre riscos de compras coletivas via internet


Para realizar a compra, o internauta deverá preencher um cadastro. Uma vez cadastrado no site de compras coletivas, receberá diariamente informações de ofertas. O número de compras é limitado, portanto, ganha quem clicar primeiro.
A secretária do Procon de Campos, Rosangela Tavares(foto ao lado), orienta que o internauta deve ter precaução para aproveitar melhor a comodidade do comércio eletrônico, visto que está se tornando a nova febre de consumo devido as ofertas variadas. Neste caso, o consumidor deverá ter cuidado com o consumo excessivo, que oferece risco de inadimplência por não conseguir arcar com os custos.
Como há facilidade na compra com o uso do cartão de crédito, o consumidor deverá estar atento ao percentual de juros, que por ser abusivo, poderá não compensar o desconto na compra, tirando assim a vantagem da promoção.
A secretária diz que o site de compras coletivas tem que seguir o manual de Defesa do Consumidor, como em toda relação de consumo. O diferencial neste site é que determina-se que a oferta só terá validade se atingir um número mínimo de compradores. Esta poderá ser uma prática aceitável, desde que o consumidor seja alertado previamente de forma clara e ostensiva conforme o Código de Defesa do Consumidor Artigo 31.
No caso das compras on line, há prazo de sete dias para se arrepender e fazer o cancelamento da compra, recebendo o dinheiro de volta. Passados os sete dias, somente em caso de vícios, que terá o prazo de até 90 dias para contactar o fabricante.
Vale lembrar, ainda, que o Procon Campos não possui levantamento específico dos clubes de compras na cidade de Campos e que também não há no Procon nenhum registro relacionado a Clubes de Compras. Em caso de dúvidas, o consumidor poderá comparecer ao órgão ou enviar sua dúvida pelo canal de reclamações e contato Fale Conosco pelo email faleconosco@procon.campos.rj.gov.br ou pelo link localizado no site do órgão http://www.procon.campos.rj.gov.br/contato.asp.

Complexo do Alemão receberá UPP em 2011


As tropas das Forças Armadas que ocupam, junto com policiais do Rio, o conjunto de favelas do Alemão, na Penha, zona norte da cidade, devem permanecer na comunidade até a instalação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no local. O anúncio foi feito na manhã de hoje (29) pelo governador do Rio, Sérgio Cabral. Ele também informou que a nova UPP deve ser implantada num prazo de seis a sete meses.
“Não vamos dormir nos louros da conquista de ontem. Acordamos cedo com os próximos desafios que é a reconquista efetiva dos territórios ainda ocupados pelo poder paralelo. Esses passos passam pela integração com o Ministério da Defesa e com a Polícia Federal. Já está acordado [com o Ministério da Defesa], agora estamos na fase das tratativas técnicas que passa pelo secretário [de Segurança do estado, José Mariano Beltrame] e oficiais militares do ministério desde ontem”, afirmou, ao participar da abertura de um fórum, no Rio, sobre a infraestrutura urbana para os Jogos Olímpicos de 2016.
Segundo Cabral, também o governo vai instalar amanhã (30) a UPP do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, zona norte da cidade. Na sequência as comunidades do Lins de Vasconcelos, também na zona norte, que incluem o Morro do Quieto e o Morro São João, devem ser pacificadas.
Sobre a possibilidade de a unidade chegar também às comunidades da Rocinha e do Vidigal, na zona sul, ele garantiu que o cronograma não será alterado, mas preferiu não antecipar a data prevista para a ocupação

Acordão — Contas de Mocaiber e RH devem ser votadas juntas e aprovadas

As contas de Alexandre Mocaiber (PSB) e Roberto Henriques (PR) serão votadas amanhã, juntas e aprovadas. O raciocínio que indica um acordo com a oposição (ou pelo menos a parte dela que garanta o mínimo de os 12 votos), a partir da presença dos vereadores Jorge Rangel e Altamir Bárbara (PSB) nos encontros do último sábado, com Anthony Garotinho (PR) e Nelson Nahim (PR), está correto. Dentro deste mesmo raciocínio, feito por uma bem informada fonte dos bastidores da Câmara, também está correto apontar Abdu Neme (o terceiro vereador do partido de Mocaiber) como costureiro do acordo com a oposição. Uma outra fonte, sabedor do que ocorreu nos encontros com Garotinho e Nahim, revelou que o acordo recebeu a chancela de ambos. Não por outro motivo, a reunião de hoje, anunciada por Magal, para se tentar chegar a um consenso entre situação e oposição, não mudou o caráter. Apenas se tornou desnecesária.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Morre aos 84 anos o ator Leslie Nielsen

Nova Iorque (EUA) - O ator canadense Leslie Nielsen, protagonista de comédias famosas como "Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu!" ou a saga "Corra que a Polícia Vem Aí", morreu neste domingo em Fort Lauderdale (Miami) aos 84 anos.
Segundo um comunicado emitido por seu agente, John Kelly, o artista faleceu em um hospital local por causa de complicações derivadas de uma pneumonia.
Famoso pelo seu estilo debochado, Leslie Nielsen fez carreira como ator de comédias de sucesso | Foto: EFE
"Estamos tristes pelo falecimento do querido ator Leslie Nielsen, provavelmente melhor lembrado como o tenente Frank Drebin na saga "Corra que a Polícia Vem Aí", embora tenha desfrutado de uma carreira no cinema e na televisão durante mais de 60 anos", diz o comunicado, escrito pela família de Nielsen.
Seus familiares pedem ao público que, em vez de enviar flores, remetam doações em seu nome a organizações beneficentes.
Previamente Doug Nielsen, sobrinho do ator, comentou a uma rádio local que o ator tinha permanecido hospitalizado durante 12 dias e que sua situação piorou nas últimas 48 horas.
Segundo disse, Nielsen morreu rodeado por sua família e amigos às 17h30 hora local.
Nascido em Regina (Canadá) em 11 de fevereiro de 1926, Nielsen apareceu em mais de 100 filmes e centenas de programas de televisão ao longo de sua carreira.
Chegou a Hollywood em meados da década de 1950 após aparecer em dezenas de dramas para televisão em Nova York.
Começou a trabalhar como galã em uma variedade de filmes devido a sua altura e sua presença, e entre alguns de seus trabalhos dramáticos mais conhecidos estão "O Planeta Proibido" (1956) e "O Destino do Poseidon" (1972).
Mas por dentro havia uma veia cômica que explodiria no sucesso mundial "Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu!" (1980), de Jim Abrahams e dos irmãos Jerry e David Zucker.
Posteriormente seguiriam outras comédias como "Corra que a Polícia Vem Aí"; "Corra que a Polícia Vem Aí 2 1/2"; "Corra que a Polícia Vem Aí 33 1/3"; "Drácula - Morto, Mas Feliz"; "Todo Mundo em Pânico 3"; e "Todo Mundo em Pânico 4".
Casado quatro vezes, teve duas filhas com sua segunda esposa, Maura e Thea Nielsen.
Informações da EFE

Homem morto a tiros no Parque Guarus

Bianca Alonso

Um homem foi morto a tiros no Parque Guarus, na noite de domingo, em Campos. Com esse caso, sobe para 174 o número de pessoas assassinadas em Campos este ano. De acordo com a Polícia Civil, Ricardo Jesus Tavares, 32 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo na Rua Macaé, no Parque Guarus. Segundo informações do Registro de Ocorrência feito na 146ª DP (Campos-Guarus), dois suspeitos, sendo um menor de idade, foram chamados para prestar esclarecimentos na delegacia. Ainda de acordo com o RO, o motivo dos tiros teria sido uma briga de bar. O caso foi registrado na 146ª DO, onde seguem as investigações.

Intervenção em pontos da BR-101


Padaria Nogueira: riscos para entrar e sair da Rodovia BR-101
Telmo Filho
A falta de sinalização através de semáforos em três trechos da Rodovia BR-101, em Campos, levou a Comissão Permanente de Transporte e Trânsito da Câmara Municipal a solicitar à Agencia Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) que o município tenha autorização para fazer intervenções na rodovia federal. Na semana passada, após reunião no Shopping Estrada, onde participaram representantes da ANTT, Concessionária Autopista Fluminense, Associação dos Lojistas do Shopping Estrada, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Empresa Municipal de Transporte (Emut), a prefeitura determinou a colocação de um semáforo, em 10 dias, na saída dos ônibus do Shopping Estrada com acesso à BR-101.

Os outros pontos solicitados para intervenção na rodovia pelos vereadores são: entre os quilômetros 65 e 66, no trecho Campos/Rio de Janeiro, em frente ao Condomínio Recanto das Palmeiras, no Parque Rodoviário; e entre os quilômetros 61 e 62, no trecho Campos/Vitória, na Padaria Nogueira, em Guarus, onde diversos acidentes são registrados devido à complexidade do trânsito no local e das múltiplas alternativas de acessos e saídas da rodovia.
Segundo o empresário Antonio de Moraes, 42 anos, para cruzar a BR-101 na altura da Padaria Nogueira tem que ter muita atenção. “Nunca aconteceu acidente comigo naquele local, mas sei que é um perigo constante para todos nós. Sem contar que às vezes nós motoristas sofremos para atravessar a rodovia, tendo que esperar muitos minutos para seguir viagem”, disse.
Para o lavrador Werlem Souza Alves, 19, se o Governo Federal nada fizer pela segurança da população campista e das pessoas que transitam na estrada que corta a cidade, a prefeitura tem que tomar as providências cabíveis. “Eu trabalho do outro lado da BR-101 e atravesso a pista todos os dias. Tem dia que chego atrasado”, contou.
Reunião – Ficou determinada, na última quinta-feira, a colocação de um semáforo na saída dos ônibus do Shopping Estrada. Segundo o diretor do Departamento de Engenharia de Trânsito da Emut, Paulo Dias, dentro de 10 dias será organizada a entrada e saída do shopping, instalando um abrigo de passageiros do lado contrário e sinalizada a parte interna do local.
Nova reunião marcada para o dia 5 de dezembro
O coordenador de Exploração da Infraestrutura Rodoviária da ANTT, João Honorato Cordeiro, adiantou que outra reunião com a Emut e a Concessionária Autopista Fluminense foi marcada para o próximo dia 5 de dezembro para uma avaliação do semáforo.
Para a presidente da Associação dos Lojistas do Shopping Estrada, Maria da Penha Marques Veloso, a reunião foi positiva. “Avançamos nesta segunda reunião, pois a nossa união é para diminuir os inúmeros acidentes e aglomerações na entrada e saída do Shopping Estrada”, explicou.
Em outro encontro, o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Campos (Codemca), Jivago Faria, informou que a partir de março do próximo ano o Shopping Estrada entrará em reforma, mas a estrada e saída é de competência da ANTT, por se tratar de uma rodovia federal. “Todos os órgãos estão sensibilizados, pois o problema é geral e tem que ser resolvido”, ressaltou.
Meta é reduzir acidentes e atropelamentos

Reunião em Campos entre vereadores, ANTT, prefeitura e PRF
O presidente da Comissão Permanente de Transporte e Trânsito da Câmara Municipal, Jorge Magal (PMDB), o vereador Dante Lucas (PDT) e representantes da ANTT levaram as solicitações dos comerciantes do Shopping Estrada e dos parlamentares Odisséia de Carvalho (PT) e Abdu Neme (PSB), “A nossa luta tem o principal propósito, que é reduzir o número de acidentes e atropelamentos nos trechos solicitados. O que não podemos é deixar pedestres e motoristas colocando em risco as próprias vidas por falta de sinalização. Queremos o mesmo que foi feito na altura do Parque Novo Mundo”, exemplificou.
O vereador informou ainda que a ANTT não deu previsão para uma resposta favorável. “Autorizando, o prefeito Nelson Nahim realizará as intervenções, pois já se mostrou sensível ao problema”, disse Magal, explicando que os apelos também foram feitos à Concessionária Autopista Fluminense, que administra a BR-101 entre a Ponte Rio-Niterói à divisa com o Estado do Espírito Santo, durante quatro reuniões e, até hoje, não teve solução.

Rio Branco investe para a formação de talentos


Mundialmente  conhecido por ter revelado Didi, o Folha Seca, o Rio Branco quer ficar famoso por outro motivo: seu Centro de Treinamento (CT), que será erguido no Parque Rio Branco, em Guarus, Campos. Com custo avaliado em R$ 6 milhões e entrega prevista para 2014, o espaço é a aposta do clube em ser uma “Fábrica de Talentos”.

Previsão de muita chuva no próximo verão do Sudeste

verão com chuva – Para o verão de 2011 está prevista muita chuva, uma das maiores dos últimos dez anos, provocada, principalmente, pelo fenômeno “El Niño”. A parte mais afetada deverá ser a Região Sudeste, da qual faz parte o Estado do Rio de Janeiro. Em janeiro de 2007, vários bairros e distritos de Campos (um deles Ururaí, foto) ficaram inundados.

INSS retoma pagamentos hoje

Incluindo a segunda parcela do 13º salário (sobre a qual será descontado o imposto de renda), os depósitos de aposentados, pensionistas e demais segurados que recebem até um salário mínimo prosseguem hoje, quando recebe quem possui cartão com final 4, desconsiderando-se o dígito.
A folha de benefícios de novembro começou a ser paga quarta-feira (com o restante do abono de Natal) a mais de 27 milhões de beneficiários em todo o Brasil. O calendário (publicado abaixo) será fechado dia 7 de dezembro, segundo a assessoria de comunicação da Previdência Social.
Antecipação –
O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) explica que a primeira parte da gratificação natalina foi antecipada na folha de agosto e não teve o desconto do imposto de renda, pois, de acordo com a legislação, o imposto incide apenas sobre a segunda parcela. Com o pagamento do 13º salário para 23,6 milhões de beneficiários, o INSS injetará mais R$ 9,2 bilhões na economia do país. Para os segurados que recebem acima de um salário mínimo, o pagamento tem início quarta-feira, dia 1º, para aqueles que possuem cartão com finais 1 e 6, também desconsiderando-se o dígito.
Parcela menor –
O INSS volta a lembrar que segurados que começaram a receber benefício depois de janeiro têm direito ao 13º salário proporcional. “Nesses casos ele é calculado de acordo com o período e a segunda parcela será menor que 50%”.
Somando-se aos R$ 9 bilhões referentes à primeira, pagos na folha de agosto, a assessoria explica que, com o pagamento desta segunda parte do 13º salário, houve uma injeção de R$ 18,2 bilhões na economia devido à gratificação. Por lei, não são todos que têm direito ao 13º salário.
Estão garantidos os seguintes benefícios: amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família.

Mudanças na Lei Geral de Empresa na pauta da Alerj

Mudanças na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa mobilizam empresários fluminenses, que defendem a aprovação, na Câmara Federal, entre os últimos atos dos parlamentares em 2010. O assunto está na pauta de hoje, em discussão ampla na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).
A Lei Geral foi aprovada em 2006 e depende de aperfeiçoamentos para beneficiar plenamente o empresariado. Esse é o objetivo do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio (Sescon-RJ), Sebrae e Fenacon para que cerca de 40 mil empresas não sejam excluídas do Simples Nacional, sendo 10 mil somente no Rio de Janeiro.
A mobilização já envolve 10 estados, que buscam apoio das lideranças regionais para que esses intercedam junto aos colegas de Brasília. O foco principal é o Projeto de Lei Complementar (PLC) 591/10, em tramitação na Câmara dos Deputados e o  objetivo é sensibilizar os parlamentares à aprovação das mudanças até o fim deste ano.
No encontro de hoje, na Alerj, várias entidades estarão reunidas, além de dois dos coautores do projeto, Otávio Leite (PSDB) e Edmilson Valentim (PC do B), ambos deputados federais pelo Rio. De acordo com a assessoria da Assembleia, o início está previsto para 9h30.
A pauta inclui, dentre as mudanças propostas, o parcelamento dos débitos tributários, aumento do limite do Simples Nacional, a revisão nos critérios de aplicação da substituição tributária, a revisão na forma de cobrança das custas judiciais e da penhora on-line para as ME’s e EPP’s, entre outras.
Matéria da assessoria ressalta que, há pouco mais de três meses aguardando votação, “em tese o PLP 591/2010 pode ir a plenário a qualquer momento, porém depois de longo recesso ‘branco’ por conta das eleições, o tempo ficou curto e a preocupação é que o tema seja ‘empurrado’ para o ano que vem”.

'Decisão' do Brasileiro 2010

Fluminense: Para Alcides Antunes, ingressos não devem durar três horas

 Depois de alguns voos cancelados na noite de domingo, o Fluminense desembarcou na manhã desta segunda no Aeroporto Santos Dumont com mais três pontos na bagagem. A uma vitória do tricampeonato brasileiro, os torcedores tem apenas uma dúvida: quando começa a venda de ingressos para o jogo decisivo contra o Guarani, no próximo domingo, às 17h, no Engenhão? Segundo o vice-presidente de futebol Alcides Antunes, a comercialização deve mesmo começar na quarta-feira. Mas ele acha que não vai durar por muito tempo.

- Acho que as entradas não vão durar nem três horas - disse o dirigente no desembarque.

Uma reunião nesta segunda-feira nas Laranjeiras irá determinar os pontos de venda e o valor dos ingressos. Tirando as gratuidades, cortesias de patrocinadores e o passaporte tricolor, 30 mil entradas estarão à venda. Os valores devem ser majorados. Uma entrada para os setores Leste Superior e Oeste Superior deve custar R$ 70. Nos setores Leste Inferior e Oeste Inferior, o preço deve ser R$ 120, enquanto nos setores Norte e Sul, R$ 50.

 

hermano tricolor

Foto: Conca com a camisa da seleção brasileira


Era apenas uma brincadeira, mas bem que poderia ser verdade. Neste domingo, o craque argentino Dario Conca ganhou da equipe do programa CQC uma camisa da seleção brasileira e posou com ela para o Jogo Extra. Durante a semana, o meia já havia declarado, em entrevista ao jornal "Clarín", que sonha um dia vestir a camisa da seleção argentina. Na foto abaixo, ele aparece ao lado da namorada Paula.
Conca, a camisa da seleção e Paula ap[os a vitória tricolor sobre o Palmeiras / Foto de Marcelo Theobald
  

mais perto da taça

Fluminense: Vitória tricolor faz a alegria do ídolo Romerito


Primeiro ele esfregou as mãos. Depois as levou à cabeça, que balançava o tempo todo em sinal de reprovação. Até o apito final, Romerito, herói do último título brasileiro do Fluminense, em 1984, passou momentos de tensão enquanto assistia pela televisão à vitória sobre o Palmeiras por 2 a 1, em Barueri. O ídolo chegou ontem ao Rio e correu para a sede das Laranjeiras, onde, cercado de torcedores, levou sua corrente positiva para o time.
— Há 26 anos que o Fluminense não é campeão. Nós merecemos esse título! — desabafou o ex-craque.
E o time do Fluminense nunca esteve tão perto de realizar esse sonho. Com a vitória de ontem, o Tricolor chegou aos 68 pontos. Corinthians, com 67, e Cruzeiro, com 66, estão na cola. Mas, a uma rodada do fim, basta uma vitória sobre o Guarani, domingo, no Engenhão, para a torcida soltar o grito que está preso.
Grito que foi contido durante boa parte do jogo. O Fluminense entrou em campo sonolento e, com apenas quatro minutos de jogo, deu um susto que poderia ter custado caro. Em uma falha grave de Leandro Euzébio, a bola sobrou para Dinei, que, de fora da área, mandou uma bomba no ângulo, sem chances para Ricardo Berna. Romerito não gostou nada do que viu. Coçou a cabeça e pôs as mãos na perna. De cara séria, reprovou a apatia da equipe.
Vibração no empate
Nem a torcida do Palmeiras, em minoria na Arena Barueri, gostou do que viu. Além dos pedidos de entrega, começaram a tacar copos d‘água no goleiro Deola, que fazia um primeiro tempo impecável, defendendo todas as chances tricolores. Que não foram poucas, pois, depois do gol, o time acordou e buscou o empate.
Ele veio aos 19m, com Carlinhos. O lateral chutou forte da entrada da área. Adiantado para escapar da chuva de copos, Deola não alcançou a bola: 1 a 1.
Festa em Barueri e nas Laranjeiras. Romerito se levantou, ergueu os braços e abraçou os torcedores que estavam ao seu lado. O ídolo estava feliz.
— O Flu está melhor, só perde muitos gols — analisou Don Romero, apostando na virada: — É só botar o Washington. No segundo tempo, o Mariano vai cruzar e ele vai fazer de cabeça.
Romerito só não acertou o autor do gol. Mas a virada realmente veio na etapa final. Aos 13m, Tartá, que entrou no lugar de Deco ainda no primeiro tempo, aproveitou rebote de Deola e colocou o Tricolor em vantagem no placar.
— O Washington não entrou, mas o Tartá resolveu. Domingo seremos campeões e eu vou estar lá — comemorou Romerito, que antes do gol foi à loucura com as chances de Fred e Conca, ambas cara a cara com o goleiro.
A partir daí, o ritmo do jogo caiu. O Flu parou de levar perigo, errou muitos passes e jogou de maneira dispersa.
— Para de tocar no meio! — esbravejou o ídolo.
Com o apito final, veio o alívio. Autor do gol do último título brasileiro, Romerito agora quer ser campeão como torcedor. E diz quem vai fazer o gol do triunfo:
— Vai ser o Washington. Sou fã dele. É bom jogador.
Palavra de quem conhece os atalhos para o título.

SERVIÇO

Fluminense: venda de ingressos deve começar na quarta


A diretoria tricolor ainda não definiu como será a venda de ingressos para o jogo contra o Guarani, domingo, às 17h, no Engenhão. Na tarde desta segunda haverá uma reunião para determinar como e onde serão vendidos e quanto custarão os ingressos para partida decisiva.
A tendência é que a venda comece na quarta-feira, já que nesta terça será dia de eleição nas Laranjeiras, e existe o temor de que uma nova confusão, semelhante a que ocorreu antes da final da Libertadores de 2008, comprometa o pleito.
— Vai ser difícil não ter confusão. Serão 30 mil entradas à venda para 9 milhões de interessados. É preciso ver como faremos para minimizar os problemas — disse um dirigente que pediu para não se identificar, explicando que, dos 40 mil lugares disponíveis no Engenhão, 4 mil serão destinados às gratuidades exigidas por lei, e outros já estão destinados aos torcedores que possuem o passaporte tricolor.
Os ingressos também devem ser majorados. Uma entrada para os setores Leste Superior e Oeste Superior deve custar R$ 70. Nos setores Leste Inferior e Oeste Inferior, o preço deve ser R$ 120, enquanto nos setores Norte e Sul, R$ 50.


Homenagem

Celso Barros é ovacionado em churrascaria: 'O Celso vai te comprar!'

 Antes do jogo, o presidente da Unimed, Celso Barros, foi almoçar em uma churrascaria perto do hotel tricolor, em Alphaville. Ele só não esperava que o lugar fosse estar lotado de tricolores. Eram pelos menos 150 com camisas do clube e a todo momento novos ônibus com torcedores estacionavam na porta do restaurante.
Não demorou muito para que a torcida desse início à cantoria, sempre acompanhada por Celso, que batia palmas no ritmo da festa. Depois de ter seu almoço interrompido diversas vezes para receber cumprimentos, todos respondidos com muita simpatia, ele foi ovacionado pelos presentes. Primeiro, o hino tricolor foi cantado a plenos pulmões. Depois, a musiquinha que tirou um sorriso do presidente do patrocinador: "O Celso vai te comprar! O Celso vai te comprar!

Taça de Prata

Fluminense: Faixas de bi e tricampeão à venda em Barueri


Faixas de campeão já estavam à venda em Barueri / Foto de Edgard Maciel de Sá
A polêmica da Taça de Prata de 1970, conquistada pelo Fluminense e ainda não reconhecida pela CBF como um título brasileiro, esteve presente em Barueri. Ao redor do estádio, os ambulantes vendiam faixas de bicampeão e de tricampeão. A primeira custava R$ 5 e a segunda saia por R$ 10. A mais vendida antes do jogo foi a do tricampeonato, mostrando a convicção da torcida tricolor sobre o assunto.
- Não existem dúvidas. O Fluminense será tricampeão brasileiro e estou confiante, tanto que já até comprei a faixa - disse o tricolor Marco Antônio Sodré, de 42 anos.

Torcida pede paz no Rio

Fluminense: Cariocas são recebidos com hostilidade em São Paulo

Dentro do estádio, a torcida tricolor exibia cartazes pedindo paz no Rio de Janeiro. Mas em Barueri, os cariocas foram recebidos com muita hostilidade pela polícia local, que abusou do gás de pimenta e de armas com bala de borracha em um dia que era para ser apenas de festa.
Nos arredores do estádio, os torcedores do Fluminense eram enorme maioria. Em clima de descontração, os tricolores cantavam e chegaram até a tentar queimar uma camisa do Corinthians. Nem o rival Flamengo foi esquecido.
- Triiiii! Vamos invadir Barueri, o Bope invade o Alemão, a urubuzada tá bolada, vai todo mundo pra prisão! - cantavam.
Muitas famílias aproveitaram a oportunidade de torcer pelo Tricolor e ainda fugir da violência do Rio de Janeiro. Mas não deu muito certo. Horas antes do jogo, as torcidas organizadas de ambas as equipes se enfrentaram em frente à entrada do tobogã, onde ficaram os palmeirenses. Logo a polícia apareceu para impedir que algo pior acontecesse. Mas, segundo os tricolores, na hora de atirar o alvo era um só.
- É uma vergonha. Eles aparecem para separar a briga jogando bombas de efeito moral. Mas na hora de atirar, só miram nos tricolores - disse o torcedor Roberto José, de 24 anos, que tinha uma marca de bala na coxa direita.
Além de Roberto, pelo menos outros cinco torcedores do Fluminense ficaram feridos na confusão. Enquanto isso, os cambistas agiam com tranquilidade perto do portão 15, setor lateral do estádio destinado a torcida tricolor. Mas foi ali que aconteceu a pior confusão. Faltando meia hora para o início do jogo, a polícia começou a pressionar os torcedores a entrarem no estádio. Com o enorme fluxo de pessoas na roleta, outros policiais começaram a impedir a entrada dos cariocas. Imprensados, os tricolores sofreram. Sobrou para Thiago Medeiros Cerqueira, de 27 anos, que levou três cacetadas na orelha direita e estava sangrando muito.
- Fiquei preso, sem poder sair ou entrar, e simplesmente um polícial covarde começou a me bater. Essa polícia paulista é ridícula. Estamos aqui para torcer. Não somos nem de torcida organizada - disse ele, que entrou no estádio sangrando do mesmo jeito para apoiar o tricolor.
AVANTE FLUSÃO!