terça-feira, 21 de outubro de 2014

SE PRECISAR É SÓ APERTAR A CAMPAINHA!


Exclusivo: primeiro navio atraca no Porto do Açu nesta terça (21)

O navio veio da Índia e será carregado com 75 mil toneladas de minério de ferro

Exclusivo: primeiro navio atraca no Porto do Açu nesta terça (21)
 (Foto: Chuldan Imansyah / Marine Traffic)

Nesta terça-feira (21 de outubro), será atracado o primeiro navio no Porto do Açu, em São João da Barra. O navio – chamado de “Keylight” – veio da Índia e será carregado com cerca de 75 mil toneladas de minério de ferro. Atualmente, o Porto do Açu tem quase 200 mil toneladas de minério estocado.

O navio Keylight teria chegado ao Rio de Janeiro entre os dias 15 e 18 de outubro para fazer algumas regularizações.

Procuradas pela reportagem do jornal Terceira Via, as assessorias de imprensa da empresa Prumo Logística Global – atual responsável pelas obras do Porto do Açu – e da Anglo American – responsável pelo projeto Minas-Rio ¬–, não confirmaram e nem negaram a informação, alegando que o expediente terminava às 17h de segunda-feira (20).

Minério de Ferro

No dia 24 de agosto, o Porto do Açu recebeu a primeira polpa de minério bombeada pelo mineroduto do projeto Minas-Rio, da Anglo American. A operação aconteceu como parte do cronograma de testes e de comissionamento do empreendimento. Naquela ocasião, a fonte informara a redação sobre o bombeamento - não confirmado pelas assessorias - mas revelado no dia seguinte.

O Minas-Rio – maior mineroduto do mundo, com 529 km de extensão e que atravessa 32 municípios mineiros e fluminenses – está em fase de obras e atingirá, em sua primeira fase, uma capacidade de produção de 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro. O empreendimento inclui uma mina de minério de ferro e unidade de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas, em Minas Gerais.
Terceira Via/Show Francisco




Três mortos e dois feridos em acidente em Silva Jardim


Carlos Grevi

Entre os feridos estava uma criança de três anos que foi encaminhada para o Hospital Municipal de Casimiro de Abreu

Um acidente na manhã desta terça-feira (21/10) deixou três adultos mortos e dois feridos, incluindo uma criança, no km 214 da BR -101, próximo a Silva Jardim.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Rio Bonito, o acidente envolveu dois veículos de passeio, um Corolla com placa do Rio de Janeiro e um Fiat Uno de placa de Pernambuco. A PRF não informou como o acidente teria acontecido, mas, contou que os dois veículos seguiam sentido Campos quando ocorreu.

O motorista do Fiat Uno Jayme Castello, de 64 anos, e os passageiros do mesmo carro, Sandra Regina Castello, de 56 anos e Ana Greice Castello, de 32 anos, não resistiram aos ferimentos e faleceram no local do acidente.

Uma criança de três anos, identificada apenas como Bárbara, também passageira do Fiat Uno, e o motorista do Corolla P.S.C., de 34 anos, ficaram feridos e foram encaminhados pela ambulância da Autopista Fluminense para o Hospital Municipal de Casimiro de Abreu.

O trânsito foi controlado pela Autopista Fluminense no sistema de Siga e Pare.
Ururau/Show Francisco



CONFIRMADOS!

EM CAMPOS DOS GOYTACAZES 

SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA 



Secretário de Saúde de São Francisco de Itabapoana entre os melhores do Brasil

Com base nos indicadores de saúde do município de São Francisco de Itabapoana, que refletem uma boa política de saúde satisfatória, o secretário municipal de Saúde, Drº Jayme Tinoco, está entre os 50 melhores secretários de saúde do Brasil. Ele receberá na noite desta terça feira (21), o Prêmio Dr. Carlos Chagas, da certificadora nacional Premium Brasil, que é oferecido aos melhores gestores municipais da saúde pública do país.

A premiação ocorrerá durante o 10º Encontro Brasileiro de Secretários de Saúde, que está acontecendo de 19 a 22 de outubro, na Costa do Sauipe, na Bahia. Entre os 5561 municípios do país, São Francisco de Itabapoana é o único município do Estado do Rio de Janeiro que está sendo premiado.

De acordo com a Premium Brasil, organizadora do evento, os critérios analisados para a escolha dos 50 melhores secretários foram: a análise da Secretaria Municipal de Saúde pelo Sistema Único de Saúde, a análise das medidas tomadas para a proteção da saúde da população, a avaliação dos recursos operacionais e humanos, os projetos e obras municipais na área da saúde e a análise dos recursos. A pesquisa também usou fontes associadas à Saúde Brasileira nos níveis Municipal e Estadual.

“É com muita satisfação que destaco que esse prêmio não é resultado de um trabalho somente do secretário de saúde, mas de toda uma equipe capacitada de profissionais em saúde, que tem se empenhado dia a dia, com muita dedicação e persistência, para a prevenção e promoção da saúde no município, indo além do hospital e as unidades básicas de saúde ”, destacou o secretário.

O prefeito Pedrinho Cherene explicou que o prêmio é importante para direcionar as políticas públicas em saúde no município. “ Todo o município está muito feliz com esse resultado positivo na administração da saúde. Isso nos motiva a unir mais esforços para melhorar ainda mais o nosso sistema de saúde”, destacou.

O prêmio “Dr. Carlos Chagas “, já em sua décima edição, reúne os cinquenta melhores secretários de saúde de todo o Brasil, para destacar o reconhecimento de todas as ações executadas pelas gestões municipais da saúde durante o ano de 2013/2014, que trouxeram melhorias para a população e, principalmente, para os usuários do Sistema Único de Saúde.

O título é conferido depois de analisado a qualidade do trabalho, a transparência, a responsabilidade e excelência na Saúde dos municípios, além da verificação da melhora dos indicadores oficiais da pasta junto ao Ministério da Saúde.

Saúde mais perto das comunidades de São Francisco de Itabapoana
Atendimentos de Saúde bem próximos de toda a população de São Francisco de Itabapoana. Esta é realidade que vem sendo construída no município do interior do norte fluminense, como resultado do programa "Saúde Mais Perto de Você", que oferece, por meio de uma unidade móvel com uma equipe multidisciplinar de saúde, teste de glicemia, aferição de pressão arterial, coleta de preventivo, vacinação, serviço odontológico e médico, dentre outras ações em prol da vida saudável.

Promovido pela Secretaria Municipal de Saúde, realizado quinzenalmente, aos sábados, o “Saúde Mais Perto de Você” tem atendido diversas comunidades sanfranciscanas, situadas distantes das unidades de saúde. Entre elas, Santo Amaro, Guarixima, Vila de Deus, Muribeca, Cacimbas, Quebra Cangalha, Lagoa Feia, Paraíso, Macuco, Quilombolas Barrinha, Boa Vista Italiana e Deserto Feliz.

O secretário de saúde, Jayme Tinoco, ressaltou a importância do programa “Saúde Mais perto de você”. “Este programa, além de atuar nas localidades do município, orienta a comunidade a respeito da prevenção de doenças e promoção da saúde, de modo a estimular os indivíduos a serem atuantes nesse processo. Além disso, aborda, de modo teórico e prático, temas sobre hábitos de vida saudáveis, saúde bucal e da prevenção e detecção de fatores de risco para doenças, como diabetes, hipertensão arterial”, destacou.

Ascom SFI-RJ/Show Francisco




Corpo de jovem desaparecida é encontrado na praia de Atafona, em São João da Barra

Paulo Sérgio Pinheiro

Corpo de Bombeiros foi acionado para remover o corpo para o IML, em Campos

Um corpo de uma jovem, em avançado estado de decomposição, foi encontrado na manhã desta terça-feira (21/10), no Jardim das Palmeiras, na praia de Atafona, em São João da Barra.

Estefani da Silva, de 21 anos, que morava em Vila Esperança, em Atafona, estava desaparecida desde sábado (18/10). O registro de ocorrência do desaparecimento foi realizado nessa segunda-feira (20/10) na 145ª Delegacia Lega de São João da Barra.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML), em Campos.
Fonte: Ururau/Show Francisco




Morre jovem que estava internada no HFM após acidente na BR-356

Laísa estava internada há dois dias no Centro de Terapia Intensiva (CTI)

Morreu na tarde desta terça-feira (21/10) a jovem Laísa Clacino, de 23 anos, que estava internada em estado grave após sofrer um acidente na madrugada de domingo (19/10) na BR-356, em Cardoso Moreira. Raphael de Souza Nogueira, de 19 anos, estava no carona e morreu na hora.

A jovem não resistiu aos ferimentos e morreu após dois dias de internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Ferreira Machado (HFM).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Laísa conduzia uma caminhonete Mitsubishi e teria perdido o controle da direção, fazendo com que o veículo saísse da pista e capotasse.


Fonte: Ururau/Show Francisco



Advogado diz que informação de celular na cela de Bruno é 'absurda'

Telefone foi encontrado durante revista na Penitenciária de Francisco Sá.
Goleiro está na unidade, que fica no Norte de MG, desde junho 2014.

Bruno foi transferido para a Penitenciária de Francisco Sá em 20 de junho (Foto: Valdivan Veloso/G1)

Um dos advogados do goleiro Bruno Fernandes, Tiago Lenoir, classificou como "absurda" a informação de que um celular encontrado na Penitenciária de Francisco Sá tivesse relação com o atleta. Ele argumentou dizendo que "a própria Secretaria de Estado de Defesa Social divulgou que nada foi encontrado com o Bruno".

Tiago Lenoir disse nesta terça-feira (21) que ficou sabendo do fato pela imprensa, na segunda (20), e afirmou também que não faz ideia de como o vínculo entre o goleiro e o telefone surgiu. O advogado também destacou que Bruno nunca fez contato de dentro da penitenciária, utilizando celular, nem com ele e nem com outras pessoas.
Tiago Lenoir disse que ficou sabendo do fato pela
imprensa (Foto: Pedro Cunha / G1)

O telefone foi encontrado por agentes penitenciários, durante uma revista de rotina. A informação é de que o aparelho estava com um detento, de 31 anos. De acordo com a Seds, ele será ouvido pela comissão disciplinar, para que as providências cabíveis sejam tomadas.

Transferência
Bruno Fernandes foi transferido para a unidade prisional, que é de segurança máxima, em 20 de junho de 2014. No início de julho, a mulher do atleta, Ingrid Calheiros, fez a primeira visita para o goleiro, após a mudança para o Norte de Minas Gerais.

O goleiro cumpria a pena na Penitenciária Nelson Hungria em Contagem (MG). Antes de ir para Francisco Sá, os advogados deles tentaram a transferência para Nova Lima e Montes Claros.

Em relação a Nova Lima, a defesa pediu para que o atleta cumprisse a pena na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac). Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o pedido foi indeferido pelo juiz da Vara Criminal e da Infância e Juventude de Nova Lima, Juarez Morais de Azevedo. Uma falta grave verificada no atestado carcerário está entre as questões levadas em consideração pelo magistrado, conforme o tribunal.

No que diz respeito a Montes Claros, o juíz Francisco Lacerda disse que o presídio não tinha condições de receber o goleiro, por estar com excesso de presos; a unidade tem capacidade para 592 detentos, e estava com 1.032.

Bruno foi condenado a mais de 22 anos de prisão
(Foto: Renata Caldeira / TJMG)

Para a transferência em ambas as cidades, os advogados alegavam a possibilidade de que Bruno voltasse aos gramados, em Nova Lima, na equipe do Villa Nova, e em Montes Claros, no Montes Claros Futebol Clube, time que o contratou em fevereiro deste ano.
O caso
Eliza desapareceu em 2010 e seu corpo nunca foi encontrado. Ela tinha 25 anos e era mãe do filho recém-nascido do goleiro Bruno, de quem foi amante. Na época, o jogador era titular do Flamengo e não reconhecia a paternidade.

Em março de 2013, Bruno foi considerado culpado pelo homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado da jovem. A ex-mulher do atleta, Dayanne Rodrigues, foi julgada na mesma ocasião, mas foi inocentada pelo conselho de sentença. Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, amigo de Bruno, e Fernanda Gomes de Castro, ex-namorada do atleta, já haviam sido condenados em novembro de 2012.

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi condenado a 22 anos de prisão. O último júri do caso foi realizado em agosto e condendenou Elenilson da Silva e Wemerson Marques – o Coxinha – por sequestro e cárcere privado do filho da ex-amante do goleiro. Elenilson foi condenado a 3 anos em regime aberto e Wemerson a dois anos e meio também em regime aberto.

Fonte: G 1/Show Francisco



Exclusivo: primeiro navio atraca no Porto do Açu nesta terça (21)

O navio veio da Índia e será carregado com 75 mil toneladas de minério de ferro
Exclusivo: primeiro navio atraca no Porto do Açu nesta terça (21) (Foto: Chuldan Imansyah / Marine Traffic)

Nesta terça-feira (21 de outubro), será atracado o primeiro navio no Porto do Açu, em São João da Barra. O navio – chamado de “Keylight” – veio da Índia e será carregado com cerca de 75 mil toneladas de minério de ferro. Atualmente, o Porto do Açu tem quase 200 mil toneladas de minério estocado.

O navio Keylight teria chegado ao Rio de Janeiro entre os dias 15 e 18 de outubro para fazer algumas regularizações.

Procuradas pela reportagem do jornal Terceira Via, as assessorias de imprensa da empresa Prumo Logística Global – atual responsável pelas obras do Porto do Açu – e da Anglo American – responsável pelo projeto Minas-Rio ¬–, não confirmaram e nem negaram a informação, alegando que o expediente terminava às 17h de segunda-feira (20).

Minério de Ferro
No dia 24 de agosto, o Porto do Açu recebeu a primeira polpa de minério bombeada pelo mineroduto do projeto Minas-Rio, da Anglo American. A operação aconteceu como parte do cronograma de testes e de comissionamento do empreendimento. Naquela ocasião, a fonte informara a redação sobre o bombeamento - não confirmado pelas assessorias - mas revelado no dia seguinte.

O Minas-Rio – maior mineroduto do mundo, com 529 km de extensão e que atravessa 32 municípios mineiros e fluminenses – está em fase de obras e atingirá, em sua primeira fase, uma capacidade de produção de 26,5 milhões de toneladas de minério de ferro. O empreendimento inclui uma mina de minério de ferro e unidade de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas, em Minas Gerais.

Fonte: Terceira Via/Show Francisco




'Meninas de Guarus': juiz desmembra denunciados

Juiz Leonardo Cajueiro, de São João da Barra declarou-se suspeito para julgar dois denunciados

Depois de juízes da 3ª Vara Criminal de Campos se consideraram impedidos de atuar no processo do caso "Meninas de Guarus", o juiz Leonardo Cajueiro, da comarca de São João da Barra, declarou-se suspeito para julgar dois dos 20 denunciados no episódio. O magistrado comunicou as razões da suspeição à Corregedoria Geral de Justiça, nos termos da resolução 82/2009 do Conselho Nacional de Justiça. Entre os denunciados, estão empresários, políticos e outras figuras influentes na região. "No presente processo, em que há inúmeros denunciados, muito embora nenhum delas seja pessoa de nosso relacionamento pessoal, dois dos denunciados são pessoas próximas o bastante para gerar desconforto suficiente para repercutir em nossa imparcialidade", expõe Cajueiro, nos autos do processo que o jornal O Diário teve acesso.

Ainda de acordo com o magistrado, "a Teoria Geral do Processo brasileiro é construída sobre alguns pilares e princípios, dentre os quais a imparcialidade do juiz. Para que a jurisdição seja válida e legitimamente exercida é preciso a existência de um juiz imparcial, que possa julgar fatos ou pessoas sem preconceitos, pressões ou constrangimentos".

O magistrado assinala ainda que "no modelo brasileiro, o juiz é o senhor de sua independência, podendo avaliar se os autos postos diante de si possuem algo que repercute na sua imparcialidade. A parcialidade pode se dar em relação aos fatos (objetiva) ou em relação às pessoas (subjetiva)".

O juiz atua no episódio como juiz por tabelamento. Leonardo Cajueiro recebeu o processo porque 17 juízes de Campos se declararam impedidos de atuar. Pela descrição nos autos do processo, os denunciados constituíam uma quadrilha armada que, pela força constrangia menores à prática de prostituição, uma vez que há requerimento de prisão preventiva de alguns dos denunciados para fins de resguardar a instrução criminal e evitar assim que as testemunhas sejam constrangidas no curso do processo.

O juiz também determinou a interdição dos hotéis Verona e Diferente e ainda dos motéis Kings, Capri, Stop e Ibiza, além da quebra de sigilo de dados cadastrais das linhas telefônicas de um dos réus. Seis réus já se encontram presos.
O escândalo da rede de prostituição e pedofilia, que teria resultado na morte de duas meninas, estourou em 2009, quando a Polícia chegou a alguns pontos de exploração sexual, no Parque Santa Rosa.

Fonte: O Diário/Show Francisco